Os 10 Melhores Alimentos Recomendados Para quem tem Diabetes!

Revisado por

Gostou do post? Avalie!

Os 10 Melhores Alimentos Recomendados Para quem tem Diabetes. Além disso, fazer escolhas alimentares saudáveis para controlar o açúcar no sangue é fundamental para aqueles com diabetes, mas e se houvesse alimentos que não apenas mantivessem o diabetes sob controle, mas também melhorassem seu diabetes e saúde geral?

A maioria das pessoas que se deparam com uma doença tão desagradável, como o diabetes, sabe muito bem que esse diagnóstico significa uma revisão de todo o modo de vida. Primeiro de tudo, diz respeito a hábitos alimentares.

Diabetes
Diabetes

Afinal, não existem pílulas milagrosas inventadas que salvaria o diabético de ter que seguir uma determinada dieta. Aqui estão Os 10 Melhores Alimentos Recomendados Para quem tem Diabetes. 

Alimentos Recomendados Para quem tem Diabetes:

Amoras:

Comer a minúscula fruta azul é uma maneira densa e nutritiva de obter carboidratos diários, e pesquisas também sugerem que comer amoras regularmente, assim como outras frutas silvestres, melhora a sensibilidade à insulina.

Isso significa que as células são mais receptivas à insulina do próprio corpo. Os pesquisadores também atribuem o efeito anti-inflamatório dos fitoquímicos às frutas vermelhas, possivelmente reduzindo alguns dos riscos cardiovasculares observados no diabetes tipo 2.

Laranjas:

Laranjas, toranjas e demais frutas cítricas podem auxiliar no diabetes.  Pesquisas sugerem que o consumo de frutas cítricas tem um efeito positivo a longo prazo no açúcar no sangue, bem como nos níveis de colesterol, graças ao composto anti-inflamatório hesperidina e uma dose saudável de fibra solúvel. Uma pesquisa sugere que a ingestão da fruta, em vez do suco, foi associada a um menor risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Canela:

A especiaria doce e saborosa da canela parece aumentar a sensibilidade à insulina, ajudando assim a reduzir o açúcar no sangue.

O mecanismo exato de como a especiaria doce faz isso, bem como a ingestão recomendada, ainda estão sendo investigados, mas a maioria das pesquisas apontam para a capacidade da canela de auxiliar no controle da glicose no sangue diariamente e a longo prazo, sendo que ela não parece ter quaisquer efeitos secundários potenciais além de adicionar um pouco de sabor. Tente polvilhar um pouco sobre os Alimentos Recomendados Para Diabetes que você já está comendo, como aveia, iogurte e manteigas.

Probióticos:

Nos últimos anos, vários estudos examinaram os efeitos que as bactérias “boas” podem ter na regulação da glicose, com algumas focalizando a ingestão de iogurte e outras focando na ingestão de probióticos.

As descobertas iniciais de todos os estudos sugerem que a ingestão de alimentos ricos em probióticos, como o iogurte, melhora significativamente os níveis de glicose em jejum e / ou HgbA1c quando consumidos regularmente e por mais de oito semanas.

Azeite:

Substituir gorduras saturadas e trans por gorduras insaturadas mais saudáveis é uma recomendação chave para todos os indivíduos, mas o tipo de gordura consumida pode desempenhar um papel ainda maior na saúde daqueles com diabetes tipo 2.

Isso porque o diabetes está associado a um risco aumentado de doença cardíaca e derrame. Controlar o peso, ser ativo e monitorar os níveis de glicose através da dieta pode ajudar, mas é importante que as gorduras e óleos saudáveis para o coração sejam os principais contribuintes da dieta.

O consumo de azeite extra-virgem está associado não apenas à diminuição do risco de diabetes, mas algumas pesquisas sugerem que ele também pode melhorar o uso de glicose pelas células, graças aos seus efeitos anti-inflamatórios. Faça do azeite o seu óleo diário ao cozinhar e usar óleos em molhos para salada, e também procure maneiras de incorporar nozes, sementes e abacate.

Vegetais verdes:

A maior ingestão de verduras e vegetais não-amiláceos e verdes por diabéticos tipo 2, com 65 anos ou mais, foi associada à diminuição dos níveis de Hbt1c e reduções significativas nos fatores de risco cardiovascular.

Ainda está sendo estudado se esses efeitos são devidos à densidade nutricional de vegetais, especificamente os ricos em Vitamina A, Vitamina C, Vitamina E e em minerais, como o magnésio, cujas ingestões têm sido associadas a um melhor controle glicêmico, ou a substituição dessas hortaliças por alimentos menos densos em nutrientes.

Os melhores resultados foram observados quando pelo menos 200 g de legumes foram consumidos por dia, sendo pelo menos 70 g de legumes verdes.

Vegetais Verdes
Diabetes

Grão de bico:

Grão de bico, bem como feijão e lentilha, são alimentos bem conhecidos com baixo índice glicêmico, tornando-os boas escolhas para o diabetes, mas novas pesquisas sugerem que a ingestão de legumes pode realmente ter um efeito terapêutico.

Em um estudo de 2012, indivíduos com diabetes tipo 2 consumiram uma xícara de legumes por dia, como parte de sua ingestão de carboidratos durante três meses. Quando comparados com outros participantes do estudo, os consumidores diários de leguminosas apresentaram maiores reduções nos valores de hemoglobina A1c e diminuição da pressão arterial.

Chocolate escuro:

Um doce pode realmente melhorar o controle da glicose? Alguns estudos descobriram que uma pequena quantidade de chocolate amargo de alta qualidade diminui diariamente os níveis de insulina em jejum e a pressão sanguínea.

Efeitos vistos são atribuídos a compostos chamados polifenóis. Contudo, sempre discuta mudanças e adições à sua dieta com um profissional médico em primeiro lugar, mas saiba que trocar um pouco de chocolate amargo de baixo teor de açúcar e de alta qualidade no lugar de outros carboidratos menos saudáveis ​​pode tornar as suas papilas gustativas e níveis de glicose mais felizes.

Refeições Baseadas em Vegetais:

Os vegetarianos têm um risco significativamente menor de desenvolver diabetes tipo 2, mas muitos assumiram que é porque eles também tendem a ter IMCs mais baixos.

Mas um estudo de 2012 descobriu que uma alta densidade nutricional (ADN), essencialmente centrada na ingestão diária de frutas, legumes e nozes, e na exclusão da carne, tem um grande impacto sobre aqueles com diabetes.

De fato, depois de seguir uma dieta ADN por sete meses, os participantes do estudo tiveram diminuições significativas no HgbA1c, pressão arterial e triglicérides, aumentos significativos nos níveis de HDL, e 62% tiveram níveis de glicose no sangue dentro da faixa normal.

Nozes e manteiga de amendoim
Diabetes

Nozes e manteiga de amendoim:

Comer 5 porções por semana de nozes (1 porção = 1 colher de nozes ou 1 colher de sopa de manteiga de amendoim) foi associado com uma redução significativa na doença cardíaca e risco de acidente vascular cerebral em mulheres com diabetes tipo 2 de longa duração.

Além disso, um estudo de 2011 descobriu que aqueles com diabetes melhoraram o controle de açúcar no sangue e lipídios no sangue quando eles comeram 2 colheres de nozes por dia no lugar de carboidratos.

Considere trocar algumas calorias refinadas de carboidratos por nozes, amêndoas ou manteiga de amendoim, apenas certifique-se de observar o tamanho da porção e o sal.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários