Dicas de Saúde Alan Costa

Os 10 Remédios Caseiros Para Foliculite

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Beleza

Os 10 Remédios Caseiros Para Foliculite
3.5 (70%) 2 votes

Os 10 Remédios Caseiros Para Foliculite São Incríveis para Combater esse mal. Alem disso, Os remédios caseiros para foliculite incluem compressas geladas com chá de camomila e suco de gengibre, além da esfoliação com aspirina diluída em água. Pomadas para foliculite à base de Peróxido de Benzoíla (ácido) e antibióticos, como a Clindamicina, também ajudam a eliminar a foliculite. Esfoliar semanalmente e manter a pele sempre hidratada é fundamental para combater o problema.

remedios para Foliculite

O que é a Foliculite?

A foliculite é uma infecção dos folículos pilosos, também conhecida como “pelos encravados”, causados por bactérias do tipo estafilococos, Staphylococcus aureus (bactéria gram-positiva, possui formato esférico, com cerca de um micrômetro de diâmetro), que geralmente se encontram na pele e são favorecidas pelo excesso de umidade, suor ou alguma lesão na pele, como depilação. Também pode ocorrer de forma espontânea.

Causas da Foliculite:

É causada por infecção viral, bacteriana ou fúngica dos folículos capilares. Sua causa mais comum é a bactéria Staphylococcus aureus (estafilococo).

As únicas partes do corpo em que os folículos não estão presentes são as palmas das mãos, plantas dos pés e membranas mucosas, como os lábios. Eles são mais densos no couro cabeludo e, quando danificados, ficam mais expostos à infecção.

Quais os tipos de Foliculite?

A foliculite divide-se em dois tipos:

superficial e profunda, sendo que dentro desses dois há subtipos da doença. Vejamos:

  • Foliculite Estafilocócica;
  • Foliculite por pseudômonas (foliculite da banheira quente);
  • Pseudofoliculite da barba;
  • Foliculite Pitirospórica.

Os Sintomas da Foliculite:

Como a foliculite pode ser tanto superficial quanto profunda, os sintomas irão variar dependendo do tipo que ela for. Se for superficial, ela afetará apenas a parte superior do folículo piloso e o paciente poderá apresentar os sintomas:

  • Pequenas espinhas vermelhas, com ou sem pus;
  • Pele avermelhada e inflamada;
  • Coceira e sensibilidade na região afetada.
  • Quando a foliculite atinge áreas mais profundas da pele, pode ocorrer formação de furúnculos e o paciente sentirá:

Veja Mais: Os 15 Benefícios do Mamoncillo Para Saúde!

1. Compressas Quentes Feitas com Água Salgada:

Pode aliviar a coceira e ajudar a cura. Para fazer uma compressa morna, molhe uma toalha de mão em água morna que você adicionou sal. Torça o excesso de água e coloque a toalha sobre a pele afetada por alguns minutos.

2. Shampoo Medicamentoso:

Pode ser usado como remédio caseiro para foliculite no couro cabeludo ou na barba.

Se a Inflamação Piora ou não Desaparecer:

Você poderá precisar consultar o seu médico. Ele ou ela podem prescrever medicamentos e, nesse caso, a foliculite tem tratamento antibiótico.

Veja Mais:  Os 20 Benefícios do Cajuí Para Saúde

3. Tomar Banhos Diários:

Lavando o corpo com sabonete anti-fúngico principalmente após ir à banheiras públicas ou piscinas. Principalmente para prevenir a foliculite no couro cabeludo, você deve lavar com shampoo e condicionador correto para seus cabelos todos os dias.

Veja Mais: Os 15 Benefícios da Ingá Cipó Para Saúde.

4. Depilação a Laser:

O tratamento com laser destrói os folículos pilosos, assim eles não podem ficar inflamados.

5. Chá de Alho:

Este mesmo alho pode ser usado na compressa quente, funcionando como um antisséptico para as bactérias causadoras da foliculite. Chá de equinácea tem o mesmo efeito. Use aloe vera sobra a área afetada para evitar cicatrizes e marcas causadas pela foliculite. Faça uma mistura de aloe vera com chá de alho ou equinácea e passe sobre o couro cabeludo, como um remédio caseiro para a foliculite no couro cabeludo, além de aliviar bastante a dor e coceira.

Veja Mais:  Os 20 Benefícios do Cajuí Para Saúde

6. Aloe Vera:

A aloe vera, ou babosa, é outro remédio caseiro natural usado no tratamento da foliculite devido ao seu vasto poder anti-inflamatório e antibacteriano, que ajuda no alívio da sensação de queimação e coceira, normalmente associados com a foliculite. Ela também ajuda a pele a se curar naturalmente.

O Gel de babosa ou suco da porção interna da planta são as opções para tratar problemas de pele e devem ser aplicados na pele afetada por mais ou menos 15 minutos. A aloe vera também pode ajudar efetivamente no tratamento de problemas de pele quando combinada com óleo de coco e óleo de jojoba.

Veja Mais: Os 10 Benefícios da Banana Vermelha Para Saúde.

7. Vinagre:

O Vinagre é usado para reduzir a ocorrência de irritações provenientes da foliculite. Tanto o vinagre branco quanto o vinagre de cidra de maçã são usados com frequência para aliviar a foliculite. O vinagre de cidra de maçã, em particular, possui propriedades antibacteriana, antisséptica e antiviral.

8. Hamamélis:

A Hamamélis também é uma planta efetiva no tratamento natural da foliculite. Os índios norte-americanos comprovam há tempos o uso de hamamélis no tratamento de irritações da pele. A Hamamélis contêm propriedades adstringentes como taninos que ajuda a aliviar a dor e coceira associada com a foliculite.

Veja Mais: Os 10 Benefícios da Azeitona Preta Para Saúde.

9. Óleo de Orégano:

O Óleo de orégano (Origanum vulgare) também está entre as melhores opções naturais para a foliculite e outros problemas de pele.

O óleo essencial de orégano possui fortes propriedades antibactérias tais como o carvacrol e terpenes. Ele também possui o thymol na sua composição, que funciona como fungicida natural, tendo propriedades antissépticas.

O óleo de orégano é melhor aceito pela pele quando combinado com outros óleos neutros como o óleo de amêndoa, jojoba ou de semente da uva. É importante frisar que o óleo de orégano deve ser evitado em peles sensíveis ou rachadas por causa da irritação.

Foliculite

10. Esfoliação Caseira de Mel e Açúcar:

INGREDIENTES:

  • 1/2 xícara de mel;
  • 1/2 xícara de açúcar;
  • 2 colheres de sopa de água morna.

MODO DE PREPARO:

  • Basta misturar todos os ingredientes para tornar a mistura homogênea e massagear o local afetado com movimentos circulares.
  • Depois da esfoliação, hidrate a pele.

Importante: A esfoliação deve ser feita, no máximo, 2 vezes por semana. Por isso é interessante ir testando cada método ou creme semanalmente para atestar qual é o mais eficaz para você.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.