Os 9 Sinais que Você Está Consumindo Sal em Excesso!

Revisado por

Gostou do post? Avalie!

Os 9 Sinais que Você Está Consumindo Sal em Excesso. Além disso, no mundo moderno, uma pessoa consome cerca de 10-15 g de sal por dia, enquanto a taxa diária é de apenas 5-6 g. Isso se refere não apenas à quantidade que adicionamos aos pratos, mas também a outros produtos.

O Sal em Excesso é prejudicial ao organismo. A situação é agravada por um estilo de vida sedentário e água potável insuficiente. O Sal em Excesso afeta tanto o estado interno dos sistemas e órgãos, quanto a aparência de uma pessoa e seu bem-estar. Portanto, é importante conhecer os sinais e características do Sal em Excesso.

sal
Sal

Sinais que Você Está Consumindo Sal em Excesso:

1. Hipertensão:

Sal em Excesso causa o espessamento do sangue, que em consequência causa a hipertensão crônica e a elevação do pulso. Isso sobrecarrega o coração, por causa disso, o individuo corre o risco de arritmia, taquicardia e o risco de AVC aumenta.

2. Problemas Cognitivos:

O Sal em Excesso pode danificar as artérias que levam sangue ao cérebro. Isso pode afetar sua capacidade de pensar com clareza e dificultar a concentração nas tarefas diárias. Além disso, a desidratação constante pode levar a pouca memória, sensação de cansaço e lentidão no tempo de reação.

3. Dores e Tonturas:

Tais sintomas, juntamente com a dor ou desconforto nas articulações, estão associados ao fato de que o sal interage ativamente com a água, absorvendo-a. Isto leva a um aumento nos vasos sanguíneos, sendo essa uma das causas de dores de cabeça frequentes.

O consumo excessivo de sódio aumenta o volume do sangue, de modo que ocupa mais espaço nos vasos sanguíneos. Essa expansão dos vasos sanguíneos, causada pelo Sal em Excesso, causa hipertensão e, como consequência, pode desencadear dores de cabeça severas.

4. Inchaço:

Se seus pés estiverem inchados ou se você tiver olhos inchados pela manhã, provavelmente estará consumindo Sal em Excesso. Quanto mais sal no corpo, mais fluido ele deve acumular para manter o equilíbrio. A condição em que seu corpo começa a reter água, como resultado da alta ingestão de sal, é chamada de edema e deve ser tratada com uma dieta muito restrita.

5. Sede Excessiva:

Um sinal óbvio quando há excesso de sais, é a falta de fluido, além do fato do corpo tentar diluir a solução salina concentrada. O sódio encontrado no sal ajuda a equilibrar o fluido em seu corpo.

Quando você consome Sal em Excesso, seu corpo precisa de mais líquidos, para ajudar a limpar o seu sistema, para que seus músculos e outros órgãos possam funcionar corretamente.

Essa é a maneira do seu corpo corrigir a relação de Sal em Excesso, pois a água potável é a melhor maneira de retornar as coisas ao normal. Lembre-se de que não beber água suficiente pode forçar o corpo a extrair fluido das células, o que pode torná-lo desidratado.

6. Mudança no Paladar: 

Uma pessoa que está constantemente adicionando sal em seus pratos, provavelmente formou uma dependência do sal, e seu corpo está supersaturado. As papilas gustativas mudam dependendo da quantidade de produto consumido. Em outras palavras: quanto mais sal você come, mais você terá o desejo de consumir preparações salgadas.

7. Dificulta a Perda de Peso: 

Se você já tentou muitas dietas e ainda não consegue perder peso, revise sua dieta. Além de eliminar produtos nocivos, veja se você está acompanhando a ingestão diária de sal.

O peso muitas vezes não é reduzido devido ao fato do acúmulo de líquidos nas células do corpo. Além disso, o consumo de Sal em Excesso leva à síntese e ao aumento da concentração de frutose no fígado, que, por sua vez, causa obesidade.

8. Alteração na Urina:

Se você observar uma pequena quantidade de urina amarela escura com um cheiro pronunciado de amônia e constipação sistemática, isso também pode indicar um consumo de Sal em Excesso.

A maioria dos outros órgãos sofre por causa dos rins que são os filtros naturais do corpo. Afinal, eles têm que trabalhar várias vezes mais para filtrar o máximo de água possível, para isolar depósitos de Sal em Excesso e amônia venenosa.

9. Erupções no Corpo:

A alergia ao sal é expressa sob a forma de erupções cutâneas na face, pescoço, mãos, costas e abdômen, com menos frequência nos joelhos. O risco de uma reação alérgica aumenta em pessoas com sistema imunológico enfraquecido.

Como Resolver o Problema de Sal em Excesso?

Consulte um médico:

Em alguns casos, com Sal em Excesso no corpo, é necessário tratamento médico. Após a consulta, pode ser prescrito uma dieta com baixo teor de sal para você seguir ou um medicamento para remoção avançada de depósitos de sal. Além disso, ás vezes os médicos aconselham que em vez de salgar os pratos, uma vez por dia, beber a solução de um pacote de sal especial.

Acostume-se a Comer Menos Sal:

Acostumar as papilas gustativas ao baixo teor de sal não é tão difícil quanto parece. Tente não adicionar sal a comida por 21 dias, mesmo que a refeição pareça sem sal para você. Além disso, muitos produtos não podem sequer ser salgados, pois eles já contêm os elementos necessários (são exemplos desses alimentos: couve, peixe, verduras, cítricos, etc.).

Evite Alimentos com Altas Concentrações de Sal:

De acordo com os resultados de numerosos estudos, vários produtos contendo a maior quantidade de sódio foram identificados. Entre eles estão pão, pizza, frango grelhado, comidas de conveniência e Fast Food. Ao comprar produtos, aconselhamos que você preste atenção à composição: se eles contêm mais de 20% de sal, é melhor recusar.

Fast Foods
Sal em Excesso

Recomendações:

  • Elementos de rastreamento úteis contidos no sal são responsáveis ​​por vários processos importantes no corpo. Apenas preste atenção à quantidade de sal em sua dieta e ajuste-a.
  • O corpo precisa de cerca de uma colher de chá por dia. Pode ser cozimento comum, iodado ou sal marinho, mas sem impurezas prejudiciais.
  • Evite alimentos processados ​​ou em restaurantes, pois eles geralmente são ricos não apenas em aditivos e conservantes, mas também em sódio.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários