Síndrome de Cushing – Causas e Sintomas!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Beleza

Síndrome de Cushing – Causas e Sintomas!

Síndrome de Cushing - Causas e Sintomas
Síndrome de Cushing

O que é a síndrome de Cushing? 

A síndrome de Cushing é um resultado da exposição prolongada ao cortisol. O cortisol é o hormônio produzido quando seu corpo está estressado.

O cortisol, por sua vez, ajuda a produzir epinefrina, comumente conhecida como adrenalina, que ajuda na sua resposta de luta ou fuga. Quando você produz cortisol em uma base contínua, em vez de ocasionalmente, como você foi projetado para fazer, tem efeitos colaterais, sendo um deles o início da síndrome de Cushing.

Quais São os Sintomas da Síndrome de Cushing?

Os sintomas mais comuns deste problema são:

  • Ganho de peso;
  • Obesidade;
  • Depósitos de gordura;
  • Estrias roxas nos seios, braços, abdômen e coxas;
  • Pele rala que machuca facilmente;
  • Lesões na pele que demoram a cicatrizar;
  • Acne;
  • Fadiga;
  • Fraqueza muscular;
  • Intolerância à glicose;
  • Aumento da sede;
  • Aumento da micção;
  • Perda óssea;
  • Pressão alta;
  • Dor de cabeça;
  • Disfunção cognitiva;
  • Ansiedade;
  • Irritabilidade;
  • Depressão;
  • Aumento da incidência de infecções.

As mulheres também podem notar pelos faciais e corporais extras, bem como menstruação ausente ou irregular.

Os homens também podem ter:

As crianças com esse problema geralmente são obesas e têm uma taxa de crescimento mais lenta.

Quais São as Causas da Síndrome de Cushing? 

Suas glândulas suprarrenais produzem cortisol. Isso ajuda em várias funções do seu corpo, incluindo:

  • Regulação da pressão arterial e do sistema cardiovascular;
  • Redução da resposta inflamatória do sistema imunológico;
  • Conversão de carboidratos, gorduras e proteínas em energia;
  • Equilíbrio dos efeitos da insulina;
  • Resposta ao estresse.

Nesse caso como dito anteriormente, o corpo pode produzir altos níveis de cortisol por vários motivos, incluindo:

  • Altos níveis de estresse, incluindo estresse relacionado a uma doença aguda, cirurgia, lesão ou gravidez, especialmente no último trimestre;
  • Treino Atlético;
  • Desnutrição;
  • Alcoolismo;
  • Depressão, transtornos do pânico ou altos níveis de estresse emocional.

A causa mais comum da síndrome de Cushing é o uso de medicações corticosteroides, como a prednisona, em altas doses por um longo período. Os médicos podem prescrever esses medicamentos para evitar a rejeição de um órgão transplantado.

Esteroides de dose menor na forma de inalantes, como aqueles usados ​​para asma, ou cremes, como aqueles prescritos para eczema, geralmente não são suficientes para causar a síndrome de Cushing.

Outras Causas Incluem:

  • Tumor da glândula pituitária no qual a glândula pituitária libera muito hormônio adrenocorticotrófico, também conhecido como doença de Cushing;
  • Síndrome do ACTH ectópico, que causa tumores que geralmente ocorrem no pulmão, pâncreas ou tireoide;
  • Anormalidade da glândula adrenal ou tumor.

Como é Diagnosticada a Síndrome de Cushing?

A síndrome de Cushing pode ter várias causas diferentes. O diagnóstico é feito com base em níveis anormais de cortisol no organismo. Depois de receber o diagnóstico deste problema, o médico ainda deve determinar a causa da produção excessiva de cortisol.

Exames que pode ajudar na determinação da causa podem incluir um teste de estimulação do hormônio liberador de corticotrofina e um teste de supressão com alta dose de dexametasona. Eles também podem solicitar exames de imagem, como tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Como a Síndrome de Cushing é Tratada?

O tratamento dependerá da causa. Seu médico pode prescrever um medicamento para ajudar. Os tumores podem ser malignos, o que significa canceroso, ou benigno, o que significa não-canceroso. A remoção cirúrgica pode ser necessária. O seu médico também pode recomendar terapia de radiação ou quimioterapia.

Quais São as Possíveis Complicações?

Caso não receba tratamento para isso, a síndrome de Cushing pode levar a:

  • Perda óssea;
  • Fraturas ósseas;
  • Perda muscular e fraqueza;
  • Pressão alta;
  • Diabetes tipo 2;
  • Infecções;
  • Ampliação de um tumor hipofisário;
  • Pedras nos rins.

A síndrome de Cushing devido a tumores hipofisário pode interferir na produção de outros hormônios.

Considerações Finais:

Quanto mais cedo começar o tratamento, melhor será o resultado esperado. É importante observar que sua perspectiva individual depende da causa específica e do tratamento recebido.

Pode levar muito tempo para os seus sintomas melhorarem. Procure um nutricionista para obter orientações nutricionais saudáveis, mantenha os compromissos de acompanhamento e aumente seu nível de atividade lentamente.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários