Doenças e Distúrbios

Antraz – o que é, causas, sintomas e tratamentos!

antraz

O antraz é uma doença causada pela bactéria Bacillus Anthracis. Essa bactéria existe na natureza em duas formas: como uma célula em crescimento ativo (chamada de forma vegetativa) ou como um esporo dormente.

Os esporos são muito resistentes e tolerantes aos extremos de temperatura, umidade e luz ultravioleta. Além disso, eles podem sobreviver por longos períodos de tempo (até décadas) no ambiente sem nutrientes ou água.

No entanto, quando um esporo entra em um hospedeiro mamífero, o ambiente interno do hospedeiro rico em água, açúcares e aminoácidos induz esse esporo a germinar em uma célula vegetativa que leva à doença.

antraz
antraz

O que é antraz?

O antraz é uma doença infecciosa causada pelo micróbio Bacillus anthracis, ele se tornou conhecido em 2001, quando foi usado como uma arma biológica.

Além disso, os esporos em pó foram enviados por cartas no correio dos EUA. No entanto, este ataque resultou em 5 mortes e em 17 doentes, tornando-se um dos piores ataques biológicos na história dos Estados Unidos.

O que causa o antraz?

Você pode conseguir o antraz através de contato indireto ou direto, inalando ou consumindo esporos. Além disso, uma vez que os esporos entram e ativam seu corpo, as bactérias se multiplicam, se espalham e produzem toxinas.

Você pode entrar em contato com o antraz através de animais ou armas biológicas.

Animais:

  • Exposição a animais domésticos ou silvestres infectados;
  • Exposição a produtos de animais infectados, como lã ou peles;
  • Inalação de esporos, tipicamente durante o processamento de produtos animais contaminados (antraz por inalação);
  • Consumo de carne malcozida de animais infectados (antraz gastrointestinal).

Armas biológicas:

  • O antraz pode ser usado como uma arma biológica, mas isso é muito raro. Não houve um ataque nos Estados Unidos desde 2001.

Por que o antraz é tão perigoso?

O antraz é um dos agentes mais prováveis de serem usados em um ataque biológico. Além disso, isso porque é fácil de disseminar (espalhar) e pode causar doença e morte generalizadas.

Aqui estão alguns outros motivos pelas quais é um agente eficaz para um ataque bioterrorista:

  • É facilmente encontrado na natureza;
  • Pode ser produzido em laboratório;
  • Pode durar muito tempo sem condições de armazenamento rigorosas;
  • Ele pode ser facilmente liberado (em pó ou spray ), sem chamar muita atenção;
  • Esporos são microscópicos. Eles podem não ser perceptíveis pelo paladar, olfato ou visão.

Onde o antraz é encontrado?

É mais frequentemente encontrado em algumas áreas agrícolas nas seguintes regiões:

  • América Central e do Sul;
  • Caribe;
  • Sul da Europa;
  • Europa Oriental;
  • África Subsaariana;
  • Ásia central e sudoeste.

Como contrair o antraz?

Além disso, esta doença é mais comum em animais de criação do que em pessoas. Os seres humanos têm um risco aumentado de contrair:

  • Trabalhe com antraz em um laboratório;
  • Trabalhe com o gado como veterinário;
  • Lida com peles de animais de áreas com alto risco de contaminação;
  • Lida com animais de caça;
  • Embora ele possa ser transmitido para humanos por meio do contato com animais, ele não é transmitido através do contato humano-a-humano.

Quais são os sintomas do antraz?

1. Por contato cutâneo (pele):

Além disso, o antraz cutâneo é contraído através do contato com a pele. Portanto, caso sua pele entre em contato, pode ter uma ferida pequena e elevada que coça. Geralmente parece uma picada de inseto.

A ferida rapidamente se desenvolve em uma bolha. Em seguida, ela se torna uma úlcera de pele com um centro preto. Isso geralmente não causa dor. Além disso, os sintomas geralmente se desenvolvem dentro de um a cinco dias após a exposição.

2. Por inalação:

As pessoas que inala o geralmente desenvolvem sintomas em 1 semana. Além disso, os sintomas do antraz podem se desenvolver tão rapidamente quanto 2 dias após a exposição e até 45 dias após a exposição.

Os sintomas por inalação incluem:

3. Por ingestão:

Os sintomas gastrintestinal geralmente se desenvolvem dentro de 1 semana após a exposição.

Os sintomas da ingestão de antraz incluem:

Como o antraz é diagnosticado?

  • Exames de sangue;
  • Radiografias de tórax;
  • Tomografia computadorizada;
  • Exames cutâneos;
  • Amostras de fezes;
  • Punção lombar, um procedimento que testa uma pequena quantidade do fluido que envolve o cérebro e a medula espinhal;
  • Endoscopia, um exame que usa um pequeno tubo com uma câmera acoplada para examinar o esôfago ou os intestinos.

Além disso, caso o médico detecte a doença em seu corpo, os resultados do teste serão enviados para um laboratório de saúde pública para confirmação.

Como o antraz é tratado?

O tratamento para o antraz depende de como os sintomas foram desenvolvidos ou não. Além disso, caso tenha sido exposto, mas não tenha sintomas, seu médico iniciará o tratamento preventivo.

O tratamento preventivo consiste em antibióticos e vacina contra o antraz. Portanto, caso tenha sido exposto e tem sintomas, seu médico irá tratar com antibióticos por 60 a 100 dias. Exemplos incluem ciprofloxacina ou doxiciclina.

Além disso, os tratamentos experimentais incluem uma terapia antitoxina que elimina as toxinas causadas pela infecção por Bacillus anthracis, em oposição ao ataque à própria bactéria.

Qual é a perspectiva de longo prazo?

O antraz pode ser tratado com antibióticos se for detectado cedo. No entanto, o problema é que muitas pessoas não procuram tratamento até que seja tarde demais. Sem tratamento, as chances de morte aumentam.

A chance de morte cutâneo é de 20% caso não seja tratada. Portanto, caso uma pessoa tenha antraz gastrointestinal, as chances de morrer são de 25 a 75%. Pelo menos 80% das pessoas morrem depois de inalar o antraz sem tratamento efetivo.

Como posso evitar o antraz?

Você pode reduzir seu risco se vacinando contra a doença. Além disso, a única vacina contra o antraz aprovada é a vacina Biothrax.

No entanto, quando usada como medida preventiva, é uma série de vacinas de cinco doses dadas ao longo de um período de 18 meses.

Quando usada após a exposição ao antraz, é dada como uma série de vacinas de três doses. A vacina normalmente não está disponível para o público em geral.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário