Rabanete – O que é, Para que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Gostou do post? Avalie!

Rabanete – O que é, para que serve, benefícios do Rabanete e efeitos colaterais, que talvez você não conheça. Além disso, o Rabanete contêm vitaminas que melhoram a imunidade e a resistência do corpo. Sobretudo, o Rabanete ajuda com a deficiência de vitaminas.

Além disso, a vitamina C, presente na composição do Rabanete reduz o risco de câncer.
Desde os tempos antigos, o Rabanete tem sido usado no tratamento de resfriados, acompanhado por uma forte tosse, o suco do vegetal também tem um efeito antibacteriano, bactericida, anti-inflamatório e expectorante.

beneficios do rabaneta
beneficios do rabanete 

Vale ressaltar que, o Rabanete possui nutrientes benéficos a saúde como carboidratos, proteínas, fibra dietética, vitamina C, potássio, magnésio, enxofre e cálcio. Devido esta composição o vegetal é capaz de restaurar a imunidade após o inverno e curar muitas doenças.

O Que é o Rabanete:

O Rabanete pertence à família Cruciferous, assim como os repolhos e nabos. Este vegetal é muito diversificado na cor, tamanho e na forma das raízes, além do tamanho e nas formas das folhas.

O Rabanete é um vegetal de raiz crucífero. É de vários tipos, diferindo em forma, cor e sabor. A carne tem uma estrutura suculenta, crocante e fibrosa. O sabor do vegetal é picante, e doce ao mesmo tempo.

Para Que Serve o Rabanete:

As propriedades do Rabanete é muito útil para o corpo, o uso regular deste vegetal melhora a elasticidade da parede vascular e o funcionamento do sistema cardiovascular, normaliza o metabolismo e ajuda na diminuição do nível de colesterol no sangue.

Além disso, o Rabanete tem sido usado na medicina por sua capacidade de estimular a digestão. O suco de Rabanete é um remédio eficaz  para tosse, bronquite e coqueluche (doença infectocontagiosa aguda do trato respiratório.

O Rabanete é usado para tratar a dor no reumatismo, radiculite e a gota, além de ser utilizado para curar feridas purulentas e úlceras.

No entanto, deve-se ter em mente que: para aqueles que sofrem de úlcera péptica, têm doenças inflamatórias do trato gastrointestinal e do sistema urinário, doenças graves do coração e vasos sanguíneos, o uso de Rabanete é contraindicado.

Benefícios do Rabanete:

Melhora a Digestão:

Isto é devido ao alto conteúdo de fibras, que estimula a motilidade intestinal e remove escórias e toxinas do mesmo. Além disso, o suco de Rabanete é frequentemente usado para tratar doenças infecciosas, colecistite e discinesia biliar.

Ajuda a Regenerar Glóbulos Vermelhos:

O rabanete é rico em ácido fólico. O ácido fólico é essencial para a proliferação celular, devido seu envolvimento na síntese de ácidos nucleicos essenciais para o funcionamento do sistema nervoso. Também ajuda a regenerar glóbulos vermelhos, por isso a sua deficiência provoca anemia macrocítica.

Contém Fibra: 

O conteúdo de fibra nesse vegetal é importante. As fibras adicionam volume ao resíduo alimentar aumentando o volume e o peso das fezes de 40% para 100%. Através desta ação, o trato digestivo é ajudado e o tempo de passagem de qualquer substância “prejudicial” é reduzido.

Contém Potássio:

Além disso, o Rabanete é rico em potássio. O potássio regula o volume dos fluidos intracelulares e auxilia na contração das fibras musculares lisas e, portanto, é necessário para manter os batimentos cardíacos. No entanto, em indivíduos com insuficiência renal crônica, devido ao aumento do teor de potássio, o rabanete deve ser evitado.

Melhora a Defesa do  Organismo: 

A ação antioxidante da vitamina C contribui para o fortalecimento da defesa do organismo, protegendo-o da ação patogênica dos vírus, micróbios e substâncias tóxicas.

rabanete
rabanete

Além disso, a vitamina C acelera a cicatrização de feridas através do seu envolvimento na regeneração do colágeno da pele. Por último, mas não menos importante, a sua ação na proteção contra episódios alérgicos, limitando a sua gravidade e duração.

Receitas com Rabanete:

Fantasia vegetal

INGREDIENTES:

  • 3 colheres de sopa de pedaços finos de Rabanete;
  • 250 g de ervilhas enlatadas;
  • 3 dentes de alho;
  • 1 colher de sopa de sementes de gergelim;
  • 100 ml de caldo de legumes;
  • 2 colheres de sopa de suco de limão;
  • Sal;
  • 2 colheres de sopa de salsa;
  • 1 abacate;
  • Pitada de pimenta caiena.

MODO DE PREPARO: 

  • Corte o abacate ao meio, retire a semente, retire a polpa das metades com uma colher e moa no liquidificador, juntamente com 250 g de ervilhas enlatadas, 3 dentes de alho, 1 colher de sopa de sementes de gergelim e 100 ml de caldo de legumes.
  • No purê adicione 2 colheres de sopa de suco de limão, uma pitada de pimenta caiena e sal a gosto e misture os ingredientes.
  • Coloque em uma saladeira, decore com 3 colheres de sopa de pedaços finos de rabanete preto e 2 colheres de sopa de salsa e sirva com pita quente.

Sopa de Purê com Rabanete e Camarão

INGREDIENTES:

  • 250 g de fatias finas de Rabanete descascados;
  • 800 ml de caldo de legumes;
  • 250 ml de creme a 20%;
  • 200 g de folhas de alface e rúcula trituradas;
  • 8 camarões grandes e não pelados;
  • 2 colheres de sopa de manteiga.

MODO DE PREPARO:

  • Leve para ferver os 800 ml de caldo de legumes, adicione as 250 ml de creme a 20%, bata o conteúdo com um batedor e aqueça em fogo baixo, mexendo por 20 minutos.
  • Em seguida, despeje o caldo no liquidificador, adicione as 200 g de folhas de alface e rúcula trituradas, bata o conteúdo até obter uma massa homogênea e coloque o purê de batatas na panela.
  • Frite os 8 grandes camarões por um par de minutos em 2 colheres de sopa de manteiga, juntamente com 250 g de fatias finas de Rabanete branco descascado.
  • Acrescente sal a gosto ao purê, aqueça, despeje em pratos e decore cada porção com a mistura de camarão e rabanete.

Efeitos Colaterais do Rabanete:

O consumo excessivo de Rabanete pode desencadear distúrbios digestivos. Introduzir um vegetal na dieta é muito importante gradualmente, começando com pequenas porções.

O suco do rabanete não é indicado para quem sofre de elevada acidez do estômago, gastrite, úlcera péptica, colecistite, pancreatite, bem como de doença inflamatória aguda do intestino.

Mulheres grávidas não deve comer Rabanetes, por causa das substâncias contidas nele que aumentam o fluxo sanguíneo uterino, fazendo com que o risco de aborto aumente. Assim, sendo as mulheres devem saber que o Rabanete pode levar à cólica no bebê.

O suco de Rabanete é categoricamente contraindicado para crianças de até 3 anos de idade, devido às suas substâncias constituintes que irritam a membrana mucosa do trato gastrointestinal da criança.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários