Dicas de Saúde

Óleo de vitamina E – Para que serve, benefícios e contraindicações!

Por Alan Costa, em 07/03/2019 (atualizado em 05/06/2020)

O óleo de vitamina E é um natural antioxidantes, o que explica nos cuidados com a pele, pois pode bloquear os radicais livres e reabastecer lipídios. Além disso, o óleo de vitamina E fornece muitos benefícios essenciais à saúde.

A vitamina E ou Tocoferol é um nutriente e antioxidante com uma história de uso em dermatologia há mais de 50 anos. Pesquisas científicas demonstraram que isso beneficia várias preocupações comuns com a pele, incluindo queimaduras, cicatrizes e feridas.

Caso observe atentamente os produtos de cuidados com a pele, provavelmente encontrará vitamina E em muitos deles. Essa vitamina é um ingrediente predominante em cosméticos naturais, uma vez que atua como um estabilizador natural e pode prolongar a vida útil dos produtos cosméticos.

Portanto, além de todos os seus benefícios internos, há também vários benefícios da vitamina E para pele e também para o cabelo!

qual a origem da vitamina E?

Qual a origem da vitamina E?

A Vitamina E foi reconhecida pela primeira vez em 1922, mas não foi identificada quimicamente até 1938.

A Vitamina E é encontrada naturalmente nas plantas e nas folhas dos vegetais verdes. Confira os principais alimentos ricos nessa vitamina.

  1. Óleo de Germe de Trigo;
  2. Sementes de Girassol;
  3. Amêndoas;
  4. Óleo de Avelã;
  5. Óleo de Girassol;
  6. Óleo de Amêndoa;
  7. Avelãs;
  8. Pinhão;
  9. Amendoim;
  10. Salmão do Atlântico;
  11. Abacate.

A Vitamina E é um nutriente e um antioxidante.

O germe de trigo é uma fonte notavelmente rica em Vitamina E e o óleo de gérmen de trigo pode ser usado topicamente.

É uma vitamina que é usada comercialmente como um antioxidante para evitar que as gorduras fiquem rançosas, por isso é frequentemente encontrada em óleos vegetais e em produtos de beleza.

O Tocoferol que vem de fontes naturais (alimentos) é tipicamente listado como “d-alfa-tocoferol” em embalagens de alimentos e rótulos de suplementos.

A Vitamina E é o antioxidante lipossolúvel mais abundante encontrado na pele humana.

Para que serve vitamina E?

A Vitamina E é um composto solúvel em gordura encontrado principalmente em certos óleos vegetais e também nas folhas de vegetais verdes. O óleo de gérmen de trigo é um óleo de planta que é especialmente rico nessa vitamina.

A Vitamina E é tanto um nutriente como um antioxidante. Como um antioxidante, é conhecido por proteger o corpo dos radicais livres que podem causar estragos na nossa saúde, tanto interna como externamente.

Existem oito formas principais de Vitamina E natural: alfa-tocoferol, alfa-tocotrienol, beta-tocoferol, beta-tocotrienol, gama-tocoferol, gama-tocotrienol, delta-tocoferol e delta-tocotrienol.

O alfa-tocoferol é a Vitamina E mais abundante no tecido humano e é a única forma “reconhecida por atender às necessidades humanas”, o que significa que é a forma usada para reverter os sintomas de deficiência de Tocoferol.

para que serve vitamina E?

Quais os benefícios do óleo de vitamina E?

A Vitamina E, às vezes chamada de “vitamina da pele”, tem excelentes propriedades antioxidantes, antiinflamatórias e cicatrizantes, o que a torna um ótimo remédio natural para várias preocupações com a pele e o cabelo.

1. Combater radicais livres:

Como um antioxidante, a Vitamina E é conhecida por combater os radicais livres. Estudos têm mostrado que, quando usado topicamente, também pode atuar como um protetor contra danos à pele devido à exposição ao sol.

Um estudo comparou os efeitos da vitamina C, vitamina E e uma combinação dos dois antioxidantes usando um modelo animal.

Os pesquisadores descobriram que uma combinação tópica de vitamina C e E oferecia proteção UV à pele, em comparação com a concentração equivalente da vitamina C e Vitamina E usadas topicamente sozinhas.

No entanto, tanto a Vitamina E como a vitamina C foram mostrados oferecer proteção contra o sol e reduzir a formação de células solares individualmente também. Mas quando combinadas, os efeitos foram ainda maiores.

Você pode procurar por um protetor solar natural livre de produtos químicos que contenha antioxidantes como a Vitamina E e C.

Caso acabe ficando muito sol, o óleo de vitamina E é bom para uma queimadura solar?

Produtos como óleo de vitamina E, creme ou pomadas podem ajudar no processo de cicatrização de queimaduras solares.

2. Pele seca:

O óleo dessa vitamina é rico e grosso e amado por muitos por sua capacidade de melhorar a pele seca e escamosa. Como o óleo de coco, você pode usar o óleo dessa vitamina em suas cutículas e lábios para prevenir e aliviar a pele rachada.

Para cutículas secas, experimente um creme caseiro para cutículas com Lavanda e Mirra, que inclui intencionalmente óleo terapêutico de Vitamina E.

3. Ajudar na cicatrização de feridas:

O óleo de vitamina E é bom para cicatrizes de acne? Um dos muitos usos desse óleo é para cicatrizes, incluindo cicatrizes de acne.

quais os benefícios do óleo de vitamina E?

Um estudo clínico duplo-cego que mostrou resultados positivos foi publicado em 2010. Neste estudo, crianças submetidas recentemente à cirurgia tiveram aplicação tópica de Vitamina E na área da incisão por um período mínimo de 15 dias, três vezes ao dia, antes da cirurgia e pelo menos 30 dias após a cirurgia, duas vezes ao dia.

Enquanto isso, o grupo de controle tinha uma pomada tópica à base de vaselina aplicada no local da incisão da mesma maneira.

O que eles acharam? Não houve crianças no grupo da Vitamina E que desenvolveram cicatrizes, mas no grupo de controle, 6,5% desenvolveram cicatrizes após seis meses.

4. Rugas:

Muitas pessoas estão procurando as melhores maneiras naturais de prevenir rugas e outros sinais de envelhecimento. Você sabia que algumas pessoas realmente abrem as cápsulas de óleo de peixe e colocam o conteúdo em sua pele para combater as rugas?

É verdade, mas o óleo é uma opção anti-envelhecimento natural que não lhe deixa cheirando a peixe!

O óleo de vitamina E pode melhorar as linhas finas e rugas, proporcionando um impulso antioxidante que protege dos danos do sol e estimula o crescimento saudável de novas células da pele.

Quando usados tanto internamente quanto externamente, os antioxidantes são conhecidos por sua capacidade de combater os radicais livres e o envelhecimento da pele foto-induzido, incluindo rugas e manchas escuras.

Não é surpreendente que muitos dos principais óleos antienvelhecimento, como o óleo de jojoba, contenham naturalmente Vitamina E.

O óleo pode diminuir a secura da pele e, portanto, tornar os sinais de envelhecimento menos perceptíveis.

A pele seca acentua as linhas finas e rugas, bem como a flacidez e descamação da pele. Então, caso queira lidar com a secura, também poderá ajudar sua pele a ter uma aparência mais jovem.

5. Cabelo:

Você também pode usar óleo para o cabelo, especialmente quando procura uma melhora do cabelo seco e/ou o couro cabeludo seco. Tem havido alguns estudos para mostrar que a vitamina E pode aumentar a circulação no couro cabeludo.

Isso aumentou temporariamente o fluxo sanguíneo para a área, cujo pode melhorar a saúde e força dos folículos pilosos. O óleo dessa vitamina também pode trabalhar para hidratar os cabelos secos e quebradiços.

vitamina E aumenta a circulação no couro cabeludo

6. Ajudar no tratamento do eczema:

Sintomas de eczema podem incluir coceira e inflamação da pele com bolhas ou manchas crostosas que podem rachar, escorrer e tornar-se escamosa. Uma pesquisa mostrou que doses baixas de Vitamina E tomadas internamente podem ser um tratamento eficaz para eczema sem efeitos colaterais.

Um estudo analisou os efeitos da suplementação de Vitamina E (400 unidades internacionais por dia) em setenta participantes com dermatite atópica leve a moderada – mais comumente conhecida como eczema.

No geral, o estudo concluiu que a Vitamina E pode melhorar os sintomas e a qualidade de vida em pessoas que sofrem de eczema.

Infelizmente, não tem havido muita pesquisa sobre o uso de vitamina E topicamente para alívio do eczema, mas pode aumentar a eficácia dos hidratantes tópicos.

Como usar o óleo de vitamina E:

Ao usar a Vitamina E topicamente, à noite é o tempo ideal, pois o óleo pode ser bastante espesso e oleoso. Caso esteja usando o óleo puro, levará apenas algumas gotas massageadas na área de interesse para ver efeitos positivos.

Colocar um pouco de óleo de vitamina E em seu rosto durante a noite é especialmente uma boa ideia, pois pode fazer com que seu rosto pareça muito brilhante e também dificulta os danos da maquiagem no rosto. Para áreas como suas cutículas, você pode usar a qualquer hora do dia.

Você pode perfurar as cápsulas de Vitamina E e espremer seu óleo puro na ponta dos dedos, para uso imediato ou em um pequeno recipiente para uso posterior.

Usar cápsulas de óleo de vitamina E fornece uma forma concentrada pura de Vitamina E. Caso tenha pele sensível, pode procurar um óleo de vitamina E que também inclua outros óleos naturais.

Para usar esse óleo para problemas faciais (como rugas, acne, etc.) ou para qualquer parte do corpo, você pode usar óleo de vitamina E ou a própria Vitamina E.

Você também pode tentar adicionar algumas gotas do óleo em uma de suas loções favoritas para aumentar seu poder antioxidante e hidratante. Outra opção é usar o óleo de germe de trigo para cabelo e pele, pois é uma fonte rica em Vitamina E.

O óleo de vitamina E é bom para os cílios?

Algumas pessoas dizem que gostam de usar o óleo de vitamina E em seus cílios para promover o crescimento; no entanto, não há qualquer evidência científica ou mesmo muitos depoimentos qualificados do uso de Vitamina E em cílios. Além disso, tal óleo pode acabar caindo em seus olhos.

Procure por um óleo natural, que provavelmente será rotulado como “natural” ou d-alfa-tocoferol. O óleo de vitamina E sinteticamente produzido é all-rac-alfa-tocoferol, que é comumente rotulado como dl-alfa-tocoferol.

Além disso, lembre-se que esse óleo deve sempre ser armazenado em local escuro e fresco.

Efeitos colaterais e contraindicações do óleo de vitamina E

Você pode aplicar o óleo diretamente na pele?

Sim, você pode. Mas antes de usar o óleo de vitamina E, é sempre aconselhável realizar um teste de contato para garantir que não tenha uma reação indesejada ao óleo.

Como eu disse, quando se trata de como usar o óleo no rosto, é melhor fazê-lo à noite. No entanto, caso tenha pele propensa a acne ou sensível, você pode achar que o óleo não é a melhor escolha para você, especialmente para o rosto.

A boa notícia é que você ainda pode usá-lo sem problemas em outras áreas do corpo, como as cutículas ou o cabelo.

O acetato de tocoferil é uma forma de Vitamina E produzida pelo homem que pega a Vitamina E natural e adiciona ácido acético a ela. O acetato de tocoferil é uma forma potencialmente irritante de Vitamina E a ser observada em cosméticos e produtos para o cuidado do corpo.

Muitos produtos tópicos que contém essa vitamina, como o óleo de vitamina E, podem conter ingredientes adicionais e às vezes questionáveis. Leia sempre os rótulos cuidadosamente e fale com o seu dermatologista caso não tenha certeza qual o melhor produto usar.

Cuidado com o fato de que o óleo de vitamina E, como outros óleos, pode manchar roupas de cama e roupas.

efeitos colaterais e contraindicações do óleo de vitamina E

Considerações finais: 

Quando usado topicamente, existem muitos benefícios possíveis do óleo, para a pele, assim como para o cabelo.

Os benefícios da pele vão desde ajudar a pele seca até queimaduras solares a eczema.

Procure por óleo de vitamina E em sua forma natural (d-alfa-tocoferol) de uma empresa respeitável.

As cápsulas de óleo de vitamina E podem ser abertas e o óleo pode ser usado topicamente.
Sempre armazene o óleo dessa vitamina em um local fresco e escuro.

Sair da versão mobile