Lúpus – Tipos de Lúpus, Sintomas, Diagnóstico e Tratamentos!

Revisado por

Lúpus – Tipos de Lúpus, Sintomas, Diagnóstico e Tratamentos. Além disso, o Lúpus é uma doença que atinge as mulheres em idade fértil (20 a 40 anos). Portanto, é uma condição sistemática e crônica, ou seja, seus ataques não afetam apenas o nível muscular, mas também, quase todos os órgãos, sendo assim, o Lúpus é uma estranha afeição auto-imune.

Entretanto, o sistema imunológico é responsável por combater todos os tipos de substâncias estranhas no corpo, mas quando é afetado pelo Lúpus, sua ação está fora de controle. Dessa forma, isso faz com que os anticorpos não apenas ataquem todas as ameaças estranhas, mas também as células saudáveis.

lupus
lupus

Em primeiro lugar, o Lúpus não pode ser disseminado por contato, vale ressaltar que, o Lúpus não está relacionado à AIDS ou a qualquer tipo de câncer, porque as suas origens ou causas são desconhecidas, no entanto, acredita-se que existem fatores que podem influenciar seu desenvolvimento sendo esses:

  • Ambientais;
  • Genéticos.

Neste artigo vamos lhe falar sobre Lúpus – Tipos de Lúpus, Sintomas, Diagnóstico e Tratamentos, confirma a seguir!

Tipos de Lúpus:

Lúpus eritematoso sistêmico: esse tipo de Lúpus causa inflamação dos tecidos e órgãos, além disso, o seu dano pode ser observado devido a cicatrizes ou traços deixados na pele, no pior dos casos, a qualidade de vida de sua portadora diminui. Vale ressaltar que, para alcançar o seu diagnóstico não é fácil.

Lúpus eritematoso discóide: seus efeitos negativos sobre o sistema imunológico causam o aparecimento de manchas avermelhadas e bem definidas na pele. Portanto, com o tempo isso pode ter como resultado o eritema, escamas e até atrofia nos músculos afetados.

Sintomas do lúpus:

Sobretudo, os seus sintomas podem ser confundidos com outras doenças, por isso ele é conhecido como “o grande imitador”. Além disso, os sinais que apresenta variam de pessoa para pessoa.

Alguns pacientes podem ter vários sintomas, enquanto outros não. Os mais comuns são:

  • Erupções cutâneas vermelhas em forma de borboleta;
  • Dor e inflamação inesperada nas articulações;
  • Febre inexplicável;
  • Fadiga;
  • Perda de cabelo pode ocorrer;
  • Cor pálida nos dedos das mãos e dos pés;
  • O corpo sofre dos efeitos dos raios do sol;
  • A porcentagem de células no sangue diminui.

O diagnóstico do Lúpus:

Vale ressaltar que, este passo clínico depende dos sintomas apresentados. Um exame de sangue pode revelar a presença de anticorpos chamados antinucleares, estes geralmente são encontrados quando a pessoa sofre de Lúpus, embora também seja importante notar que outras doenças os produzem.

lupus
lupus

Se esse tipo de anticorpo tiver sido detectado, o próximo passo clínico é procurar evidências de anticorpos contra o DNA de fita dupla. Quando um alto valor é encontrado, é um sinal alto de possível Lúpus. Portanto, uma urina ou exame de sangue pode detectar se houve dano ao rim.

Tratamento para lúpus:

No entanto, de acordo com o órgão afetado pelo Lúpus, este será o tratamento a ser seguido. O tratamento básico para o Lúpus é através da incorporação de corticosteroides. A dieta deve ser completa em termos de nutrientes, porém até o momento não foi possível ligar qualquer tipo de alimento a esta doença.

Outros dados:

  • Existem mais casos de Lúpus nas mulheres do que nos homens (10 vezes mais).
  • Nunca um tratamento é o mesmo de um paciente para outro.
  • Uma pessoa com Lúpus pode experimentar um estado de saúde equilibrado se trabalhar para isso.
  • Quando uma pessoa é detectada com Lúpus, os alarmes geralmente continuam, mas você deve lembrar que pode viver uma vida sem grandes problemas.
  • Para ser seguro, recomenda-se procurar ajuda de uma reumatologista, ou pelo menos um médico de cuidados primários.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários