Dicas de Saúde

Os 9 Benefícios do Pepino Para Saúde

Benefícios do Pepino Para Saúde que talvez você desconheça. Além disso, o Pepino tem sido um vegetal popular utilizado na medicina tradicional indiana desde os tempos antigos. Popular por sua atividade antidiabética, antioxidante e hipolipemiante, ele tem um efeito de limpeza desintoxicante no organismo.

Ele ainda é “refrescante” naturalmente e uma ótima maneira de prevenir desidratação, superaquecimento e constipação.

Mais do que somente uma maneira de diminuir o inchaço em torno de seus olhos, o Pepino também têm alguns benefícios impressionantes quando se trata de combater os danos da inflamação e dos radicais livres. Ele possui alguns compostos polifenóis poderosos que podem retardar o envelhecimento provocado pelo estresse oxidativo.

Depois de investigar as potenciais capacidades de eliminação de radicais livres pelos pepinos, estudiosos na Índia falaram que dentro dos pepinos “a presença de flavonoides e taninos em seu extrato, como evidenciado pela triagem fitoquímica preliminar, sugere que esses compostos pode ser responsável pela eliminação de radicais livres e efeitos analgésicos…

História dos Pepino:

O fruto originou-se na Índia, onde muitas variedades ainda são cultivadas hoje. Algumas fontes mostram que ele foi cultivado por pelo menos 3.000 anos! Acredita-se que foram introduzidos em outras partes da Europa pelos gregos ou romanos e hoje crescem em quase todos os continentes do mundo.

Os registros mostram que certas espécies de pepinos apareceram pela primeira vez na França no século IX, na Inglaterra no século 14 e na América do Norte em meados do século XVI. Botanicamente falando, ele é realmente fruto, intimamente similares ao melão, mas a maioria das pessoas pensam neles como sendo vegetais como tomates e abóboras (ambos também frutas!).

Comumente popular como Pepino nos países de língua inglesa, esse fruto rico em água é conhecido por muitos nomes em todo o mundo – por exemplo, khira (hindi) e sakusa (sânscrito). Ele está presente amplamente nas regiões do Himalaia e também amplamente cultivado e exportado pela Índia, América do Norte atualmente e Ásia.

Os seus benefícios são conhecidos há séculos, incluem a remissão natural da TPM, combate à dor, irritações na pele, melhora na digestão, dores de cabeça, já que as sementes são nutritivas, limpas e têm efeito diurético. O suco dele também tem sido utilizado como um impulsionador de eletrólitos naturais antes que existissem bebidas energéticas como a água vitaminada.

Valor Nutricional do Pepino:

O consumo de antioxidantes naturais derivados de vegetais, chá, frutas e ervas pode contribuir para uma mudança no equilíbrio em direção a um amplo status antioxidante.”

Uma xícara do fruto (com a casca) tem cerca de:

  • 16 calorias;
  • 3 miligramas de vitamina C (4% do VD);
  • 6 miligramas de magnésio (4% do VD);
  • Zero proteína, gordura, fibra ou açúcar;
  • 17 miligramas de vitamina K (22% do VD);
  • 152 miligramas de potássio (4% do VD);
  • 8 miligramas de manganês (4% do VD).

Benefícios do Pepino Para Saúde:

Fonte de Antioxidantes que Combatem o Câncer:

Diversos compostos bioativos foram isolados do Pepino nutritivo, incluindo glicosídeos, lignanas, cucurbitacinas, flavanóis e apigenina como o firestin. Estes são conhecidos por terem fortes habilidades de combate ao câncer, uma vez que podem proteger o DNA e as células de danos devido ao estresse oxidativo. A fisetina está especificamente relacionada à saúde do cérebro e à preservação da função cognitiva, enquanto as cucurbitacinas são conhecidas por terem efeitos cancerígenos redutores do tumor.

Pesquisadores da Universidade de Valência, na Espanha, mostraram que os antioxidantes das cucurbitacinas, um tipo de composto triterpeno, podem levar a morte das células cancerígenas (um processo conhecido como apoptose). Os mecanismos mais significativos em relação aos efeitos apoptóticos das cucurbitacinas são sua capacidade de modificar as atividades por meio de fatores nucleares ou genes e ligar proteínas antitumorais.

Essa é precisamente a razão pela qual os genes não determinam seu destino: ingerir alimentos ricos em antioxidantes pode diminuir muito o risco de câncer, mesmo que infelizmente isso aconteça em sua família, tornando os pepinos um tratamento natural para o câncer.

Rico em Nutrientes:

O Pepino é um dos vegetais com maior teor de água, o que significa que oferecem vitaminas e minerais valiosos, mas eles são super baixos em calorias – com cerca de 16 calorias por xícara. Como é um composto de 95% de água, fazem um bom trabalho ocupando espaço no estômago e adicionando visualmente volume às refeições.

Isso significa que você pode comer mais e se sentir saciado enquanto ainda controla um plano geral de perda de peso saudável, com poucas calorias ou com baixo teor de carboidratos. Além disso, a nutrição de Pepino pode ajudar a saciar a sede e evitar o desejo de lanches devido à desidratação.

Ajuda na Desintoxicação do Corpo:

O Pepino suporta o trato digestivo, inclusive ajuda na limpeza do fígado, que é o nosso principal órgão desintoxicante, removendo as toxinas acumuladas e resíduos do sangue e do intestino. Ele também é um alimento diurético natural, o que significa que podem ajudar o corpo na produção de mais urina para eliminar toxinas e resíduos.

No processo, ele é ótimo para reduzir o inchaço e retenção de água desconfortável – um motivo para comer Pepino depois de uma noite de comida salgada ou álcool.

Hidrata e Acalma a Pele:

O suco de pepino fresco tem sido utilizado para nutrir naturalmente a pele danificada, seca ou sensível por séculos. De acordo com alguns estudos, as fatias do Pepino ou sementes quando aplicadas diretamente na pele proporcionam um efeito calmante e refrescante contra irritações da pele e diminuem o inchaço e a vermelhidão.

O Pepino também tem o poder de relaxar e aliviar a dor e inchaço após uma queimadura solar, tornando-se um grande remédio natural para queimaduras solares. A fruta é considerada um “refrigerante, hemostático e tônico, útil no tratamento da hiperdipsia ou termoplegia”. Em outras palavras, o Pepino ajuda a interromper o sangramento, reduzir o acúmulo de calor associado à inflamação, sacia sua sede, alivia a desidratação e combate a “insolação” ao mesmo tempo!

Ajuda na Melhoria da Saúde do Coração:

As lignanas presentes no Pepino possuem efeitos anti-inflamatórios e de reforço imunológico bem documentados que são benéficos para combater as doenças cardiovasculares. Estudos que analisaram os efeitos do consumo de lignanas de alimentos vegetais encontraram associações benéficas com os níveis de proteína C-reativa, um efeito redutor no colesterol total e de baixa densidade (LDL) e níveis de pressão.

O Pepino também fornece minerais importantes que ajudam no mantimento de um coração saudável, incluindo magnésio e potássio. O potássio está relacionado a níveis mais saudáveis de pressão arterial, uma vez que ajuda no controle dos fluidos no corpo, portanto, o baixo consumo de potássio derivados de frutas e verduras é frequentemente correlacionada à pior saúde do coração.

Alimentos com alto teor de magnésio também são benéficos para a pressão arterial, além do funcionamento dos nervos, regulação dos batimentos cardíacos, melhor estabilidade de açúcar no sangue, equilíbrio de fluidos e maior gasto de energia.

Melhora a Digestão:

As sementes de um Pepino são populares por terem um efeito curativo, redutor de calor no corpo, e são frequentemente utilizadas para prevenir e, naturalmente, aliviar a obstipação em formas tradicionais de medicina, como a Ayurveda. Muitas pessoas sofrem com a falta de magnésio, mesmo sem saber, mas a quantidade de magnésio e outros eletrólitos presente nos pepinos podem ajudar na hidratação do intestino e o revestimento digestivo, o que mantém o corpo mais “regular”.

Como são ótimos vegetais para fazer sucos ou smoothies, você pode tentar combinar Pepino com outros alimentos hidratantes – como melão, limão, aipo, erva-doce e abacate – para criar uma bebida natural anti-inchaço.

Ajuda a Alcalinizar o Sangue:

O Pepino é um dos alimentos alcalinos que ajudam no equilíbrio do nível de pH do corpo e neutralização dos efeitos de uma alimetanção ácida. Limitar o consumo de alimentos formadores de ácido – como alimentos fritos, carboidratos refinados e açúcar, e comer mais alimentos formadores alcalinos – é benéfico para proteger seu corpo contra doenças que se desenvolvem em um arrastamento ácido.

A vida na Terra depende dos níveis de pH apropriados dentro e ao redor dos organismos vivos e células. A vida humana precisa de um nível de pH rigorosamente controlado no sangue. É normalmente aceito que os humanos têm hoje uma alimentação pobre em potássio e magnésio. Isto resulta numa dieta que pode levar a acidose metabólica que é incompatível com a exigências nutricionais geneticamente determinadas.

Acredita-se também que um nível de pH adequadamente balanceado leve os níveis de leptina, o principal hormônio ligado ao controle da fome e do apetite, bem como a inflamação, a raiz da maioria das doenças. Uma vez que o corpo é capaz de digerir facilmente nutrientes na forma líquida, esta é uma razão pela qual o Pepino é um ingrediente popular em sucos verdes alcalinizantes.

Apoia a Saúde dos Ossos:

Com mais de 21% de sua vitamina K diária em cada xícara de Pepino, comer mais este fruto é uma boa para manter a densidade mineral óssea. A vitamina K (na forma de K2) é uma vitamina lipossolúvel que como outros nutrientes essenciais pode preservar os ossos fortes. De fato, a vitamina K constrói os ossos melhor que o cálcio.

A vitamina K também apoia um metabolismo saudável, absorção de nutrientes, ajuda na saúde do coração, ajuda na coagulação do sangue, suporta a função neurológica e pode ajudar na proteção contra o câncer. No entanto, a deficiência de vitamina K é normal entre adultos e crianças devido a uma alimentação baixa em vegetais verdes, uma dieta com baixo teor de colesterol, uso de medicamentos e má absorção de nutrientes.

Ajuda na Prevenção ou Tratamento de Dores de Cabeça:

Tradicionalmente, o Pepino tem sido utilizado como um remédio natural para dor de cabeça e um pouco como um redutor de dor, uma vez que combatem a o inchaço e a inflamação. As dores de cabeça ou enxaquecas podem ser desencadeadas por muitas coisas, incluindo desidratação, fadiga, estresse, baixo nível de açúcar no sangue e deficiências nutricionais.

Muitas pesquisas mostram que os alimentos ricos em água e magnésio, como o Pepino, combate as dores de cabeça, equilibrando os fluidos no corpo e prevenindo a desidratação.

Como Comprar e Usar o Pepino:

Quando se trata de escolher os melhores pepinos, você tem algumas opções: Procure por pepinos menores. Pepinos menores é o tipo mais utilizado para picles. Ao fazer compras, procure por pepinos que sejam verde-escuros a claros, firmes e que não tenham pontos moles e escorregadios. Coma-os sempre que possível, pois as sementes
possuem compostos importantes e a pele é uma boa fonte de vitamina A.

Os benefícios do pepino são mais disponíveis quando você compra pepinos orgânicos e não-absorvidos. Como os pepinos são densos em água, caso sejam cultivados em solo contaminado com pesticidas, eles provavelmente vão se apegar a um monte de produtos químicos, que acabam sendo passados para seu corpo.

Eles são muitas vezes encerados para protegê-los de ficarem machucados durante o transporte. Mesmo os pepinos orgânicos podem ter cera, mas estes são feitos de substâncias menos nocivas. A única cera que é permitida nos pepinos cultivados organicamente não é sintética e está livre de todos os contaminantes químicos.

Ao armazena-los, tenha em mente que duram mais tempo quando mantidos em temperaturas muito baixas. Mantenha em um saco plástico na geladeira até que esteja pronto para usá-los, mas tente consumi-los dentro de três a cinco dias. Mas não recomendaria comer pele encerada se o pepino não é orgânico.

Preocupações e Interações dos Pepinos:

Os pepinos parecem ser um vegetal muito inofensivo e raramente causam alergias. Como mencionado anteriormente, basta comprar pepinos orgânicos (idealmente não embebidos) sempre que puder para evitar altos níveis de produtos químicos.

Outra coisa que tem que ser levada em conta é o potencial de contaminação caso queira fazer seus próprios picles fermentados. A microbiota complexa é responsável pelas mudanças observadas durante a fermentação do Pepino, e é possível que, caso o equipamento ou jarra esteja contaminado com bactérias, você fique doente ao consumi-las. Use equipamento esterilizado sempre que fermentar vegetais e compre produtos orgânicos para limitar ainda mais esse risco.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.