Melão de São Caetano – O Que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Gostou do post? Avalie!

Melão de São Caetano – O Que é, Para Que Serve, Benefícios do Melão de São Caetano e Efeitos Colaterais que muitas pessoas não conhecem. Além disso, o Melão de São Caetano supera a pimenta e a berinjela em seu valor nutricional.

É rico em proteínas, carboidratos, potássio, fósforo, ferro, vitamina  A, vitamina B1, vitamina C, vitamina E e ácido fólico. Tudo isso torna o vegetal útil e indispensável para fins médicos. Para saber desses e de outros benefícios do Melão de São Caetano leia o artigo até o final.

melao de sao caetano
melao de sao caetano

O Que é o Melão de São Caetano: 

O Melão de São Caetano (também chamado de melão amargo, erva de caetano, fruto de cobra ou só melão.) é uma planta medicinal amplamente utilizada no tratamento de diabetes e problemas de pele.

Nos círculos científicos, chama-se Momordica Charantia e é uma variedade da família dos pepinos. Momordica é uma planta tropical encontrada em várias partes da Terra, mais comumente encontrada na Ásia, Índia, África Oriental e América do Sul.

O nome Momordica é devido ao alto teor de alcaloide (substância de caráter básico derivada principalmente de plantas.). O Melão de São Caetano é normalmente consumido como tempero, é feito a partir dele, algo como curry indiano, especialmente no sul da Ásia, onde é chamado de “Carella”.

A primeira menção do Melão de São Caetano como planta medicinal pertence aos povos indígenas da Amazônia. As tribos usavam as folhas desta planta como um chá para tratar diabetes, para aliviar a dor intestinal e tratar sarampo e febre. Eles também usaram o Melão de São Caetano pela primeira vez para destruir os parasitas dentro do corpo, para tratar feridas, úlceras e infecções.

No Brasil moderno, o Melão de São Caetano continua sendo usado ativamente na medicina para o tratamento de feridas, tumores, reumatismo, malária, vaginite, inflamação, problemas com o ciclo menstrual, diabetes, dor abdominal e febre.

Para Que Serve o Melão de São Caetano:

Na medicina tradicional chinesa, o Melão de São Caetano é usado para tratar doenças infecciosas gastrointestinais. Na América do Sul, todos os tipos de inflamações, diarréia, malária, sarna, hepatite, sarampo e parasitas foram tratados com sua ajuda.

Na Índia, o Melão de São Caetano foi usado em mordida de cobra, doença hepática e como contraceptivo. Esta planta tem ajudado contra asma, picadas de insetos, leucemia, artrite, queimaduras e lúpus. Além disso, a raiz Momordica foi considerada um afrodisíaco.

A ciência moderna estabeleceu que as substâncias contidas nos frutos desta planta podem reduzir o nível de colesterol, o nível de açúcar no sangue de diabéticos, estimular a produção de insulina e até mesmo curar certos tipos de câncer. Os medicamentos baseados no Melão de São Caetano são usados ​​para tratar a psoríase, a gripe e o resfriado comum.

Numerosos experimentos mostraram que extratos de folhas e frutos podem destruir estafilococos (bactérias Gram positivas não esporuladas, que mais resistem no meio ambiente), estreptococos (microrganismos aeróbios Gram-positivos, que causam muitos distúrbios) e até mesmo o HIV.

Benefícios do Melão de São Caetano:

Controla a Diabetes:

Ação hipoglicemiante nos frutos maduros, reduz a glicemia em jejum em até 48%, possui substâncias similares à insulina, aumenta a produção de glicogênio pelo fígado, reduz a quebra de glicogênio em glicose e acelera a oxidação da glicose.

Além disso, estimula o pâncreas, e os polissacarídeos dos frutos, mostraram reduzir a hiperglicemia em cobaias diabéticas. O extrato dos frutos sobre o pâncreas, além de causar redução no índice glicêmico, foi capaz de regenerar as células beta do pâncreas.

Previne Obesidade: 

Os frutos reduzem as taxas de colesterol alto.

É Antiviral:

As folhas são ricas na proteína MAP-30 (proteína Momordica Anti-HIV), que é ativa contra o vírus HIV, reduzindo a carga viral.

Atua Contra o Câncer:

Esse melão atua contra o crescimento de tumores, no controle de células de tumores mamários, de laringe e intestino. Além disso, controla o câncer do fígado, levando as células à morte e atua contra o câncer da próstata, sendo que, em um estudo as folhas reduziram até 63% dos tumores em cobaias.

No tumor de nasofaringe, as folhas controlaram o desenvolvimento tumoral. Na leucemia, os frutos e sementes reduzem o número de células leucêmicas. Sendo assim, o uso do extrato das folhas melhorou a efetividade dos tratamentos.

Previne Infarto:

Os frutos melhoraram o quadro geral de cobaias, reduzindo o inchaço do coração, a necrose de tecido cardíaco, a inflamação e a morte de células cardíacas.

Contra a Isquemia Cerebral:

Os frutos demonstraram ação neuroprotetora, reduzindo a morte de células cerebrais.

Tem Efeito Antifungicida:

O extrato das sementes foram eficientes em inibir o desenvolvimento de fungos.

É Vermífugo:

Contra Fascíola Hepática (verme que provoca a infecção do fígado e vias biliares.), o extrato das folhas inibiu o desenvolvimento dos ovos e formação de larvas.

Ação Analgésica:

Os extratos dos frutos demonstrou excelente capacidade de reduzir a sensação de dor em vários modelos de dor, tendo sido testado na hiperalgesia (sensibilidade exagerada à dor) causada por medicamentos quimioterápicos. Os extratos alcoólicos das sementes também demonstraram excelente ação analgésica.

Anti-Inflamatório:

Uma proteína isolada dos frutos de Melão de São Caetano demonstrou considerável atividade anti-inflamatória, além de melhorar a resposta glicêmica.

É Antibiótico:

O extrato das folhas tiveram excelente ação no controle de bactérias do gênero Staphylococcus, um dos grupos responsáveis por grande número de infecções humanas.

Contra Gastrites e Úlceras:

Os extratos dos frutos aceleraram a cicatrização de gastrites e úlceras, inclusive evitando a formação de úlceras.

Efeitos Colaterais do Melão de São Caetano:

Pode causar infertilidade, hipoglicemia, risco de desenvolver favismo (tipo de anemia) e alterações no fígado. Além disso, gestantes não devem consumir a planta.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários