Plantas Medicinais

Manjericão – o que é, benefícios e efeitos colaterais!

manjericao

O manjericão é também chamado de “erva de São José” é usado como fonte culinária, mas também pode ser usado para fins medicinais. Manjericão contém óleos essenciais que ajudam a combater os danos dos radicais livres no corpo. É uma planta usada principalmente na cozinha italiana. As folhas podem ter uma variedade de sabores como pungente, forte ou mesmo doce e possui um cheiro muito relaxante.

manjericao
manjericão

O que é manjericão?

O manjericão é uma deliciosa erva culinária que pertence à família da menta, lavanda e sálvia, e é uma variação de seu nome botânico real, Ocimum Basilium.

Há textos e outras evidências de que foi cultivado por 5000 anos e pode ter se originado na região de Human, na China. É uma erva que pode ser facilmente cultivada dentro de casa e não requer uma grande quantidade de luz solar.

Contudo, tornou-se mais fácil para as pessoas em todo o mundo cultiva-la em suas casas e colher seus benefícios para o corpo e pele.

Para que serve manjericão:

Os Antioxidantes que estão presentes nesta podem proteger o corpo do crescimento do câncer e da mutação das células. Além disso, na maioria das vezes, as toxinas estão presentes em nossa dieta que causam estresse no corpo, e tem antioxidantes que nos ajudam a combater a oxidação e retarda o efeito do envelhecimento.

Também protege as células e a estrutura do DNA, e ajuda a proteger os glóbulos brancos que ajudam no funcionamento do sistema imunológico e também regulam as estruturas celulares.

Benefícios do manjericão para saúde:

1. Auxilia na atividade cerebral:

O Declínio cognitivo tornou-se um problema para os idosos de hoje. Estudos mostraram que o consumo é muito útil na prevenção da degradação cognitiva.

Manjericão contém minerais como o manganês, que é absorvido para aumentar a atividade do transmissor eletrônico no cérebro. Além disso, esta atividade está associada aos reflexos mentais, e contém cobre, que pode ajudar a estimular a mente, melhorando sua funcionalidade.

2. Previne artrite:

A Artrite é uma doença dolorosa que muitas vezes leva à incapacidade física. Na erva foi encontrado beta-cariofileno, que está associado ao controle eficaz da dor. Além disso, o manjericão também possui químicos anti-inflamatórios, que ajudam a aliviar a sensação de ardor nas articulações causada pela artrite.

3. Diminui o estresse:

A erva contém compostos que ajudam o corpo a lidar com o estresse emocional e físico. Além disso, o consumo ajudará o corpo a manter uma funcionalidade equilibrada, mesmo durante eventos estressantes, pois ajuda a reduzir os níveis hormonais, bem como os níveis de corticosterona no corpo.

4. Retarda o envelhecimento:

Os antioxidantes do manjericão ajudarão a reduzir os efeitos das células dos radicais livres, e impedirão que o corpo e a mente resistam ao estresse oxidativo.

5. Mantém ossos fortes:

A perda na densidade óssea leva a um desenvolvimento ósseo frágil e a várias lesões e condições físicas relacionadas com os ossos. Além disso, como os fatos nutricionais mostram que é uma excelente fonte de vitamina K, é extremamente útil na manutenção de ossos saudáveis, já que a vitamina K ajuda a absorver melhor o cálcio.

6. Combate epilepsia: 

Foi observado que o extrato de manjericão pode reduzir a atividade espasmódica no cérebro. Além disso, outro estudo realizado em animais mostra que o eugenol em folhas também é benéfico para o sistema nervoso.

7. Auxilia no metabolismo:  

É uma boa fonte de manganês, que ajuda o corpo a liberar enzimas que são benéficas no metabolismo de aminoácidos, colesterol e carboidratos. Além disso, contudo, ajuda a metabolizar vitaminas relacionadas à glicose. Uma boa taxa metabólica é essencial para manter o corpo magro e saudável.

8. Ajuda na síndrome pós menstrual: 

Essa época do mês pode ser excepcionalmente dolorosa para pelo menos 3 de 4 mulheres, já que costumam experimentar cãibras, depressão e fadiga, definida como síndrome pós-menstrual. No entanto, o manganês presente no manjericão ajuda a aliviar esses sintomas, equilibrando seus hormônios.

9. Fonte de energia: 

Manjericão contém cobre, que é um produtor vital de trifosfato de adenosina. Portanto, é um composto que ajuda a eliminar os efeitos da fadiga e exaustão.

10. Anti microbiano: 

Contém compostos voláteis que têm natureza antimicrobiana, estes compostos voláteis são encontrados como um óleo essencial. Além disso, existem muitos outros óleos essenciais, como o eugenol, que ajudam a prevenir os efeitos de fungos e bactérias.

11. Melhora a visão:

A Erva de manjericão contém beta-caroteno que é um composto essencial que ajuda a prevenir a degeneração muscular. Além disso, também é uma boa fonte de vitamina A e ácido ascórbico, que é conhecido por curar a síndrome do olho seco e doença de Stardgart.

Curiosidades:

A planta de manjericão tem raízes muito profundas no hinduísmo uma erva muito sagrada, muitas vezes considerada como a manifestação da deusa feminina Lakshmi. Além disso, é usada para adoração e nenhuma oferta é completa sem a sua folha.

Efeitos colaterais:

Geralmente não causa reação alérgica em pessoas, mas não deve ser consumido em excesso. Além disso, mulheres que estão tentando engravidar ou estão grávidas devem evitar.

Pessoas que tomam medicação para diabetes ou medicação de controle de colesterol não devem consumir manjericão, pois isso pode ter efeitos prejudiciais à sua saúde.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário