Dicas de Saúde

7 alimentos que diminuem o nível de testosterona!

Por Alan Costa, em 05/06/2019 (atualizado em 02/06/2020)

Os alimentos que diminuem o nível de testosterona funcionam, pois, é um hormônio que desempenha um papel poderoso na saúde masculina. A manutenção de níveis saudáveis de testosterona é importante para ganhar massa muscular, melhorar a função sexual e aumentar a força.

alimentos que diminuem o nível de testosterona

Alterações nos níveis de testosterona foram associadas a várias condições de saúde, incluindo obesidade, diabetes tipo 2, síndrome metabólica, problemas cardíacos e alimentação. Além disso, separamos alguns alimentos que diminuem o nível de testosterona, para que você possa regular e impedir sua redução.

Alimentos que diminuem o nível de testosterona:

1. Produtos à base de soja: 

Algumas pesquisas mostram que comer regularmente produtos de soja como leite de soja e miso que diminuem o nível de testosterona. Além disso, um estudo em 35 homens descobriu que beber isolado de proteína de soja por 54 dias resultou em níveis diminuídos de testosterona.

Alimentos à base de soja também são ricos em fitoestrogênios, que são substâncias à base de plantas que imitam os efeitos do estrogênio em seu corpo. Além disso, alterando os níveis hormonais e potencialmente reduzindo a testosterona.

2. Hortelã:

Conhecida por suas poderosas propriedades calmantes do estômago, algumas pesquisas sugerem que a hortelã pode causar uma queda nos níveis de testosterona. Além disso, hortelã têm constatado ter um impacto direto na testosterona. Um estudo mostrou que beber chá de hortelã diariamente causou um declínio significativo nos níveis de testosterona.

3. Raiz de alcaçuz: 

A Raiz de alcaçuz é um ingrediente comumente usado para doces e bebidas, é um remédio natural popular na medicina holística e usado frequentemente para tratar tudo, desde dor crônica até tosse persistente.

Estudos descobriram que o alcaçuz também pode influenciar os níveis hormonais, levando potencialmente algo que diminuem o nível de testosterona. Além disso, no entanto, isso se aplica à raiz de alcaçuz, em vez de doces de alcaçuz, que muitas vezes não contém raiz de alcaçuz.

4. Óleo vegetal:

Muitos dos óleos vegetais mais comuns, incluindo canola, soja, milho e óleo de semente de algodão, são carregados com ácidos graxos poli-insaturados.

Esses ácidos graxos são geralmente classificados como uma fonte saudável de gordura na dieta, mas também podem diminuir os níveis de testosterona, como vários estudos sugeriram. No entanto, mais estudo são necessários para esclarecer a influência dos óleos nessa questão.

5. Linhaça:

A linhaça é embalada com gorduras saudáveis para o coração, fibras e várias vitaminas e minerais importantes, é rica em lignanas, que são compostos vegetais que se ligam à testosterona e forçam a excreção pelo corpo.

Além disso, a semente de linhaça é rica em ácidos graxos ômega-3, o que também pode estar ligado pois diminuem o nível de testosterona. Além disso, em um pequeno estudo, 25 homens com câncer de próstata foram suplementados com linhaça e seu consumo total de gordura foi diminuído, e constatado que os níveis de testosterona foram reduzidos significativamente.

6. Alimentos processados:

Por serem ricos em sódio, calorias e açúcar adicionado, alimentos processados, alimentos congelados e lanches pré-embalados também são uma fonte comum de gorduras trans. Além disso, as gorduras trans, não são sudáveis, têm sido associadas a um aumento do risco de doença cardíaca, diminuição da testosterona, diabetes tipo 2 e inflamação.

Portanto, alguns estudos descobriram que consumir regularmente gorduras trans de alimentos processados poderia diminuir os níveis de testosterona. Além disso, uma pesquisa feita em 2009 mostrou que homens que consumiram as maiores quantidades de gorduras trans tiveram níveis de testosterona 15% menores do que aqueles com um menor consumo.

E contagem de espermatozoides 37% menor e diminuição no volume testicular, o que pode estar ligado à redução da função testicular. Além disso, estudos em animais também descobriram que um alto consumo de gorduras trans poderia reduzir os níveis de testosterona e prejudicar o desempenho reprodutivo e da pele.

7. Álcool:

Embora o uso ocasional do álcool tenha sido associado a benefícios para saúde, estudos mostram que o consumo excessivo de álcool pode fazer com que os níveis de testosterona caiam.

Um estudo em 19 adultos saudáveis mostrou que o consumo de 30-40 gramas de álcool por dia, o que equivale a cerca de 2–3 bebidas padrão. Além disso, diminuem o nível de testosterona nos homens em 6,8% ao longo de três semanas.

Sair da versão mobile