Frutas

Tomate – o que é, benefícios e efeitos colaterais!

tomate

O tomate contêm todos os quatro principais carotenoides: alfa e beta-caroteno, luteína e licopeno, esses carotenoides podem ter benefícios individuais. mas também sinergia como um grupo (ou seja, eles interagem para fornecer benefícios para a saúde).

Tomate é fruta ou vegetal? Os dois. Pois cresce a partir de uma flor e em seu interior, juntamente com a polpa, há sementes. Além disso, as nações do mundo têm suas próprias tradições e leis, sendo assim, há lugares onde a parte comestível da planta será conhecida como fruto, já outros o denominarão de vegetal. São considerados até mesmo bagas em alguns países.

tomate
tomate

Para que serve tomate:

O tomate é um super alimento rico em nutrientes que oferece benefícios para uma variedade de sistemas corporais. Além disso, seu conteúdo nutricional apoia a saúde da pele, perda de peso e saúde do coração.

A inclusão na dieta pode ajudar a proteger contra o câncer, manter a pressão sanguínea saudável e reduzir a glicemia em pessoas com diabetes. Além disso, contêm carotenoides essenciais como a luteína e o licopeno.

Podem proteger os olhos contra danos induzidos pela luz solar, para isso, basta adicioná-los em sanduíches. Além disso, molhos ou saladas, além de comê-los cozidos ou em ensopados, pois esses métodos de preparação podem aumentar a disponibilidade de seus nutrientes essenciais.

Contudo, estão no top dez das frutas e legumes que contêm os maiores níveis de resíduos de pesticidas. Além disso, nesse caso, lave muito bem antes de comê-los.

Benefícios do tomate para saúde:

1. Bom para o sangue:

Devido ao seu rico conteúdo de vitaminas e carotenoides, juntamente com potentes fito nutrientes de cura conhecidos como flavonoides e ligninas, têm um efeito protetor contra poluentes, como o excesso de flúor. Além disso, considerando o uso generalizado de flúor no nosso abastecimento de água, é uma boa ideia aumentar o consumo de tomate. Claro que isso não substitui a filtração da água.

2. Ajuda a combater o câncer de mama:

São ricos em uma coleção de fitonutrientes chamados carotenoides. Você provavelmente já ouviu falar de beta-caroteno e licopeno, mas há outros fitonutrientes. Além disso, comer quantidades mais elevadas de carotenoides incluindo alfa-caroteno, beta-caroteno, luteína, zeaxantina, licopeno e carotenoides totais reduz o risco de câncer de mama.

3. Combater o câncer de próstata:

Além disso, o licopeno encontrado no tomate, ajuda a proteger contra o câncer de próstata.

4. Melhora o diabetes:

Cientistas criaram condições diabéticas em animais e os alimentaram com um pouco de licopeno, enquanto outros foram alimentados com uma dieta típica livre de licopeno.

A bioquímica dos animais alimentados com licopeno voltou ao normal, enquanto os outros permaneceram em níveis diabéticos. Além disso, este estudo mostra a promessa de que o licopeno pode ajudar a restaurar o equilíbrio bioquímico em diabéticos.

5. Reduz risco de doenças cardíacas:

Pesquisas mostram que o licopeno encontrado, quando ingerido regularmente, pode reduzir significativamente o risco de doenças cardíacas. Frescos e extratos de tomate têm sido mostrados em pesquisas para diminuir o colesterol total.

O colesterol LDL e os triglicerídeos. Eles também foram mostrados para evitar aglomeração no sangue (conhecido como agregação plaquetária), que é um fator de risco para a aterosclerose.

6. Reduz o envelhecimento:

Licopeno combate o envelhecimento e tem propriedades anti-câncer.

7. Estimula a perda de peso:

Boas notícias! Contanto que você não consuma muita massa e escolha uma variedade de grãos inteiros, esse vegetal pode ajudá-lo a perder peso. Além disso, porque estimulam a produção do aminoácido carnitina, que foi demonstrado em pesquisas para acelerar a capacidade de queima de gordura do corpo em mais de 30%.

8. Aumenta o sistema imunológico:

Excelentes fontes de vitamina C e carotenoides, podem ajudar a manter seu sistema imunológico forte contra infecções. Além disso, é uma boa notícia, já que estamos vendo a ascensão de superbactérias nos dias de hoje.

9. Prevenção e tratamento da osteoporose:

O licopeno do tomate ajuda a regular a produção de células ósseas e perda óssea, sugerindo que o licopeno pode ser útil na prevenção e tratamento de doenças ósseas como a osteoporose.

10. Ajuda na saúde dos olhos:

Como são uma fonte rica de fitonutrientes beta-caroteno, luteína e zeaxantina, eles podem ajudar a melhorar a visão e proteger seus olhos da degeneração.

Valor nutricional: 

Uma xícara crus picados ou fatiados contém:

  • 32 calorias (Kcal);
  • 170,14 g de água;
  • 1,58 g de proteína;
  • 2,2 g de fibra;
  • 5,8 g de carboidrato;
  • 0 g de colesterol.

Também têm uma riqueza de conteúdo vitamínico e mineral, incluindo:

  • 18 mg de cálcio;
  • 427 mg de potássio;
  • 43 mg de fósforo;
  • 24,7 mg de vitamina C;
  • 1499 (UI) de vitamina A.

Também contêm uma grande variedade de nutrientes benéficos e antioxidantes, incluindo:

  • Ácido alfa-lipoico;
  • Licopeno;
  • Colina;
  • Ácido fólico;
  • Betacaroteno;
  • Luteína.

O cozimento do tomate parece aumentar a disponibilidade de nutrientes essenciais, como os carotenoides licopeno, luteína e zeaxantina. Cozidos fornecem mais luteína e zeaxantina do que tomates secos e tomates-cereja crus.

Efeitos colaterais:

Lembre-se de lavar antes de comer. Os beta-bloqueadores, um tipo de medicamento mais comumente prescrito para doenças cardíacas, podem causar o aumento dos níveis de potássio no sangue.

Alimentos com alto teor de potássio, como tomates, devem ser consumidos com moderação quando se toma beta-bloqueadores. Consumir muito potássio pode ser prejudicial para pessoas com insuficiência renal. Além disso, não remover o excesso de potássio do sangue pode ser fatal.

Aqueles com doença do refluxo gastroesofágico podem experimentar um aumento nos sintomas, como azia e vômitos, ao consumir alimentos altamente ácidos.

Contudo, essas reações são individuais e acontecem mais se você consumir grandes quantidades desse fruto. Assim, a melhor solução é manter uma dieta variada e procurar não consumir esse vegetal em grandes porções individuais.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário