As 10 Principais Causas da Perda de Cabelo!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Beleza

10 Causas de Perda de Cabelo

As 10 Principais Causas da Perda de Cabelo que talvez você desconheça. Além disso, a perda de cabelo é um problema que não pode ser ignorado de forma alguma! Os homens têm um pouco menos de sorte do que nós, mulheres. Com a idade, a perda de cabelo se torna inevitável para eles. Mas isso não quer dizer que nós mulheres estamos imunes desse destino.

Por que temos que sofrer com a perda de cabelo? Há pelo menos 10 razões importantes para isso acontecer, algumas das quais são temporárias e têm curso moderado (por exemplo, falta de vitaminas), e alguns são permanentes (doenças crônicas). Então veja As 10 Principais Causas da Perda de Cabelo.

Principais Causas da Perda de Cabelo:

1 –  O Estresse:

Qualquer trauma psicológico como um acidente, a morte de um ente querido e até mesmo uma briga comum no trabalho pode levar a perda de cabelo. Esta condição pode causar a perda de cabelo no estágio telógeno. Como você sabe, o cabelo tem seu próprio ciclo de vida: fase anágena, catágena e telógena. Se você se sentir estressado, seu cabelo consequentemente vai sentir de certa forma.

2 – A Gravidez:

Para o seu corpo, a gravidez também é uma das causas que pode levar a perda de cabelo. Além disso, deve-se notar que esse problema não ocorre apenas durante a gestação, mas também após o nascimento da criança. Nesse caso, alguns especialistas reconhecem que o parto é uma lesão grave.

3 – A Falta de Proteína:

Como você já sabe, o organismo responde sensatamente a qualquer sabotagem de sua parte. Se não houver proteína suficiente em sua dieta, isso faz com que seu cabelo caia.

10 Causas de Perda de Cabelo
Perda de Cabelo

4 – A Hereditariedade:

A calvície de padrão feminino, também conhecida como alopecia androgênica, está associada à genética. Se seus parentes tiveram queda de cabelo em determinada idade, é improvável que esse destino seja resolvido. Em contraste com o “tipo masculino’’ no “feminino” a queda de cabelo não é na parte frontal, mas na separação.

5 – A Anemia: 

A estatística é implacável: 1 em cada 10 mulheres de 20 a 50 anos sofre de anemia associada à deficiência de ferro (o tipo mais comum de anemia). Esta doença afeta a condição do cabelo.

6 – O Hipotireoidismo:

Hipotireoidismo é o termo médico para a designação de uma deficiência persistente de hormônio tireoidiano. Essa pequena tireoide é responsável por um grande processo que é a produção de hormônios que são críticos para o metabolismo, crescimento e desenvolvimento. Nesse caso, a falta de hormônios é igual à perda de cabelo.

7 – A Alopecia Autoimune:

Se o seu sistema imunológico é hiperativo espere por problemas. O corpo fica confuso, e o sistema imunológico perplexo entende que o cabelo é um componente estranho ao seu corpo, nesse caso o próprio sistema imune tenta eliminar os cabelos, por entender que ele é um patógeno invasor.

10 Causas de Perda de Cabelo
Perda de Cabelo

8 – A Perda de Peso Acentuada:

Os médicos atribuem perda de peso rápida e significativa a lesões que levam ao desbaste e perda de cabelo. Mesmo que seu corpo precise se livrar de quilos extras, ele ainda responderá negativamente à sua intervenção em seu ritmo habitual.

A perda de cabelo pode estar associada tanto ao estresse da perda de peso quanto à falta de vitaminas e minerais encontrados em alimentos excluídos da dieta.

9 – O Envelhecimento:

Infelizmente, evitar o processo natural de envelhecimento do corpo é impossível. O corpo começa a funcionar mais lentamente e a enfraquecer. Além disso, aparece as rugas, manchas, perda de dentes e cabelos.

10 – A Tricotilomania:

A tricotilomania é conhecida como transtornos do controle dos impulsos. Pessoas que sofrem desta doença, compulsivamente puxam seus cabelos. O paciente pode brincar com um fio e depois puxar o cabelo para fora do couro cabeludo. A tricotilomania é mais frequentemente observada em crianças e adolescentes com menos de 17 anos de idade.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

DEIXE O SEU COMENTÁRIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários