Remédios Naturais

Benefícios do chá da folha de framboesa para gravidez!

beneficios do cha da folha de framboesa para gravidez

Os benefícios do chá da folha de framboesa para gravidez funcionam, pois, é uma planta nativa da europa conhecida por suas bagas doces e nutritivas. Além disso, suas folhas são carregadas com nutrientes também e muitas vezes usado para fazer um chá de ervas que tem usos medicinais.

beneficios do cha da folha de framboesa para gravidez
benefícios do chá da folha de framboesa para gravidez

Durante séculos, folhas de framboesa foram usadas para tratar várias doenças de saúde e induzir o parto durante a gravidez. Além disso, este artigo analisa os benefícios de saúde, segurança e efeitos colaterais do chá de folha de framboesa vermelha durante a gravidez.

Benefícios do chá da folha de framboesa para gravidez:

As folhas de framboesa são ricas em muitos nutrientes e podem oferecer benefícios para saúde das mulheres grávidas e não grávidas.

Boa fonte de antioxidantes:

São ricas em vitaminas e minerais. Além disso, eles fornecem vitaminas B, vitamina C e uma série de minerais, incluindo potássio, magnésio, zinco, fósforo e ferro. No entanto, sua contribuição mais notável pode ser suas propriedades antioxidantes.

Contêm polifenóis como taninos e flavonoides, que atuam como antioxidantes em seu corpo e podem proteger as células contra danos. Além disso, as folhas contêm pequenas quantidades de ácidos elágicos, que comprovadamente neutralizam os carcinógenos e contribuem para a autodestruição das células cancerígenas

Enquanto mais pesquisas são necessárias para conhecer o potencial de combate ao câncer de folhas de framboesa os resultados atuais são promissores. Além disso, de qualquer forma, o perfil nutricional das folhas torna o chá uma escolha saudável.

Benéfico do chá da folha de framboesa para as mulheres:

Chá da folha de framboesa para gravidez é especialmente popular devido a seus possíveis benefícios para mulheres grávidas. No entanto, parece ajudar as mulheres em geral. Além disso, na verdade, é muitas vezes referida como a erva da mulher.

Algumas pesquisas corroboram a evidência de que as folhas ajudam aliviar os sintomas pré-menstruais (TPM), como cólicas, vômitos, náusea e diarreia.

As folhas de framboesa contêm fragrância, um composto vegetal que ajuda tonificar e a apertar os músculos da região pélvica, o que pode reduzir as cólicas menstruais causadas pelos espasmos desses músculos e pele.

Enquanto não há atualmente nenhuma recomendação específica sobre a quantidade que deve ser consumida, beber um pouco de chá pode aliviar alguns dos desconfortos do seu ciclo menstrual.

Além disso, 28 gramas de folhas contém 3,3 mg de ferro, o que corresponde a 18% da dose diária recomendada para mulheres com idade entre 19 e 50 anos. Além disso, conseguir ferro suficiente pode combater a anemia frequentemente experimentada por mulheres com ciclos menstruais pesados.

Usos do chá da folha de framboesa para gravidez:

Chás de ervas têm sido usados por parteiras ao longo da história para ajudar com alguns dos sintomas negativos associados à gravidez e parto. Além disso, um estudo avaliou o uso de remédios fitoterápicos em 600 mulheres grávidas.

Mostrou que 52% das mulheres usavam regularmente algum tipo de remédio herbal e 63% das mulheres experimentaram chá da folha de framboesa para gravidez. Enquanto o chá é normalmente recomendado para o segundo e terceiro trimestres da gravidez, algumas mulheres usam o remédio herbal para ajudar com náuseas e vômitos no primeiro trimestre também.

Também tem sido usado para fortalecer o útero, melhorar o resultado do trabalho de parto e prevenir o sangramento excessivo após o parto.

1. Encurtar o trabalho de parto:

Muitas mulheres afirmam que o chá ajuda diminuir o trabalho de parto. Além disso, o composto de fragrância encontrado é conhecido por tonificar e apertar os músculos da região pélvica, incluindo as paredes do seu útero, o que pode facilitar o parto.

Um estudo com 108 mulheres mostrou que aqueles que beberam chá da folha de framboesa para gravidez no último estágio da gravidez tiveram um primeiro estágio mais curto de trabalho de parto.

O estudo foi repetido um ano depois entre 192 mulheres. Mostrou que o chá de folhas de framboesa vermelha não encurtou o primeiro estágio do trabalho de parto, mas encurtou o segundo estágio em uma média de 9,59 minutos.

2. Reduzir complicações do parto:

Há alguma evidência que mostram que beber pode permitir um parto com menos complicações. Um estudo descobriu que as mulheres que bebiam mais tarde na gravidez reduziram o uso de fórceps e outras intervenções, bem como uma redução na probabilidade de trabalho de parto pré e pós-termo.

Da mesma forma, outro estudo mostrou um decréscimo de 11% no uso de fórceps durante o parto para mulheres que consumiram chá de folhas de framboesa vermelha nas últimas oito semanas de gestação.

A Associação Americana de gravidez também afirma que beber chá pode reduzir a necessidade de intervenções durante o parto. Além disso, acredita-se que um parto mais fácil com menos intervenções poderia diminuir a quantidade de sangramento no pós-parto.

Efeitos colaterais e dosagem:

Chá da folha de framboesa para gravidez parece ser seguro para a maioria das pessoas. Além disso, quando os efeitos colaterais aparecem, eles tendem a ser leves. No entanto, ainda são importantes para serem considerados.

Este chá de ervas pode ter propriedades laxativas e pode causar o afrouxamento das fezes em certas pessoas. Pode também ter um efeito diurético leve e aumentar a micção. Além disso, é importante consultar seu médico antes de consumi-lo.

Uma pesquisa sugere que o melhor momento para beber é às 32 semanas de gestação. Além disso, um estudo mostrou que tomar 2,4 mg por dia em forma de comprimido parece ser seguro. Como chá, 1 a 3 xícaras por dia são apropriadas.

É recomendado limitar o consumo a 1 xícara por dia, caso opte por consumi-lo mais cedo na gravidez. Além disso, caso tenha contrações de Braxton Hicks durante a gravidez ou tenha manchas no segundo ou terceiro trimestres, deve interromper o uso.

Considerações finais:

Pode fortalecer as paredes do útero e diminuir o tempo de trabalho em mulheres grávidas e aliviar os sintomas pré-menstruais em mulheres.

Para a maioria das pessoas, parece seguro beber 1 a 3 xícaras por dia, embora o consumo deva ser limitado a 1 xícara durante a gravidez precoce.

Seus nutrientes e antioxidantes podem fornecer um impulso à saúde para homens e mulheres.

Embora mais pesquisas precisem ser feitas para entender completamente todos os atributos positivos do chá da folha de framboesa para gravidez, parece ser seguro para a maioria. Caso esteja disposto a tentar um remédio herbal, pode ser para você.

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

7 comentários

  • […] usado para fazer chá de Hibisco e seu consumo pode oferecer amplos benefícios para saúde. Este chá é benéfico para prevenir doenças cardiovasculares, reduzindo a quantidade de colesterol LDL no […]

  • […] Gravidez; […]

  • […] Maioria das pessoas associa um abdômen inchado à obesidade ou gravidez, no entanto, também pode ser um dos sintomas de doença […]

  • […] ressaltar que, existem tratamentos para Dores de Cabeça experimentadas após a gravidez, veja o que você precisa saber sobre as causas e os tratamentos das Dores de Cabeça Após a […]

  • […] pode prejudicar o crescimento e contribuir para outros problemas de desenvolvimento. Durante a gravidez, o Fósforo desempenha um papel na produção dos blocos de construção genéticos, DNA e […]

  • […] Harvard recomendam o consumo de 400 mcg (microgramas) de Ácido Fólico por dia, porém em caso de Gravidez e certos problemas de saúde a exigência pode ser maior. O máximo que você pode tomar sem […]

  • […] colheres de chá de framboesa […]

Deixe um comentário