Scroll Top

Uncategorized

Transtornos Alimentares: Anorexia e Bulemia

O transtorno alimentar é um termo amplo usado para designar qualquer padrão de comportamento alimentar que cause severo prejuízo à saúde de um individuo. Os transtornos alimentares são considerados como patologias e geralmente apresentam as suas primeiras manifestações na infância e na adolescência. O diagnóstico precoce e uma abordagem terapêutica adequada são fundamentais para o manejo e o prognóstico destas condições.

OS FATORES MAIS COMUNS QUE PODEM DESENCADEAR UM TRANSTORNO ALIMENTAR SÃO: 
  • Certos traços de personalidade, como a baixa ou autoestima, introversão, perfeccionismo. impulsividade, instabilidade afetiva e ansiedade;
  • Contexto sociocultural caracterizado pela extrema valorização do corpo magro;
  • Disfunções no metabolismo da serotonina e noradrenalina;
  • Experiência sexual traumática;
  • Famílias autoritárias ou negligentes;
  • Gostar de fazer dietas rígidas;
  • Histórico de transtorno alimentar na família;
  • Transtornos de humor na família, como depressão ou transtorno bipolar;

TIPOS DE TRANSTORNO ALIMENTAR:
Existe um número diversificado de transtornos alimentares, os mais conhecidos são a Anorexia e a Bulimia, mas, segundo pequisas, existem vários outros, como hipergafia, ortorexia, pica, síndrome de prader-willy, transtorno obsessivo compulsivo por alimentos e a vigorexia.

Anorexia

anorexia-nervosa

A anorexia nervosa é um transtorno emocional que consiste numa perda de peso derivada e num intenso temor da obesidade. Esses sentimentos tem como consequência uma série de condutas anômalas.

Sintomas da Anorexia Nervosa: 

  • Cortar os alimentos em pedaços pequenos.
  • Depressão, muitas vezes a pessoa se apresenta triste e apática.
  • Dieta, apesar de ser magro ou perigosamente abaixo do peso.
  • Induzir vômito, depois de comer e rapidamente se livrar das calorias.
  • Medo de ganhar peso ou se tornar obeso.
  • Obsessão com as calorias e gorduras.
  • Preocupação com a comida, receitas ou cozinhar.
  • Rápida perda de peso.
  • Solidão, pode evitar amigos e família.
  • Torna-se intolerante ao frio devido á perda de isolamento de gordura corporal.
  • Uso de laxantes, pilulas dietéticas ou pílulas de água.
  • Uso de roupas  largas para cobrir a perda de peso.
  • Queda de cabelo.

Tratamentos da Anorexia Nervosa

Apesar de não haver um medicamento especifico para o tratamento de anorexia nervosa, é importante envolver vários profissionais de saúde para ajudar o paciente a se recuperar, como nutricionista, endocrinologista, psiquiatra e psicologo. É importante também o envolvimento da família no tratamento do paciente.

Bulimia Bulimia  

A bulimia nervosa é um transformo mental que se caracteriza por episódios repetidos de ingestão excessiva de alimentos num curto espaço de tempo (as crises bulímicas), seguido por uma preocupação exagerada sobre o controle do peso corporal, preocupação esta que leva a pessoa a adotar condutas inadequadas e perigosas para a sua saúde.

Essa síndrome é causa de vários fatores biológicos, psicológicos, familiares e culturais. A pessoa ingere grandes quantidades de alimentos, tornando-se compulsiva, e, depois, utiliza métodos compensatórios, coco o uso de laxantes e diuréticos, vômitos induzido e prática de exercícios acentuados como forma de evitar o ganho de peso pelo medo de engordar.

Na bulimia não há perda de peso, isso dificulta a detecção da doença. Ocorre geralmente em mulheres jovens, a partir dos 17 anos.

Sintomas da Bulimia

  • Comer muito,com muito prazer e forçar o vômito após alimentar-se.
  • Evita comer em publico.
  • Evita lugares onde precisam mostrar o corpo.
  • Erosão do esmalte dentário, podendo levar a perda dos dentes.
  • Não engordar apesar de comer muito.
  • Prática excessiva de exercícios físicos.
  • Sentimento de angustia e de culpa por ter comido demais.
  • Só se interessam por assuntos  relacionados à comida, peso e forma corporal.
  • Tomar medicamentos para evacuar ou tomar diuréticos logo após alimentar-se.

Tratamento da Bulimia

A bulimia é perigosa para a saúde pois, quando o indivíduo vomita após a ingestão dos alimentos, os nutrientes não chegam á corrente sanguínea. Isso causa a desnutrição e, em consequência disso, o aparecimento de outras doenças.

O tratamento para a bulimia nervosa envolve o acompanhamento de psicólogo. Uma autoanálise pessoal orientada por um psicoterapeuta e as terapias de grupo podem ser de grande ajuda para quem quer vencer a bulimia. É importante também a orientação de um nutricionista e o envolvimento da família.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.